Wantuir inicia trabalhos

Treinador e diretoria fazem contatos para formatar o elenco para a disputa do Módulo II

José Carlos de Oliveira

Com data de início prevista para 3 de julho, mas ainda sem a tabela anunciada pela Federação Mineira de Futebol (FMF), a disputa do Módulo II 2021 já movimenta os 12 clubes que vão participar da competição nesta temporada. E no Guarani de Divinópolis não é diferente. O presidente Robson Luís e seus diretores já trabalham duro para montar o grupo que tentará levar o Bugre de volta à elite do futebol mineiro.

Contratado há algumas semanas, o técnico Wantuir Rodrigues já arregaçou as mangas e é quem comanda, ao lado do presidente, a busca pelos atletas que defenderão a camisa do Alvirrubro na temporada. O treinador discute também com os dirigentes a formatação de sua comissão técnica, que ainda não teve nenhum nome confirmado.

Em poucos dias

A diretoria garante que não repetirá os mesmos erros da última temporada – quando anunciou jogadores que depois não acertaram com o clube – e somente divulgará quando tudo já estiver no papel, com contrato assinado. O presidente garante que, em poucos dias, cerca de dez no máximo, já poderá anunciar alguns nomes, num trabalho conjunto com seus diretores e o novo treinador.

Módulo II

Pelo Conselho Técnico, realizado em fevereiro, ficou definido que o Mineiro do Módulo II terá 12 participantes em 2021, com os times se enfrentando em turno único – jogando todos contra todos – na primeira fase. Os quatro melhores garantem vaga no quadrangular final, que será realizado em turno e returno, com os dois primeiros ao término das seis rodadas garantindo acesso ao Módulo I para 2022. 

A competição está prevista para começar no dia 3 de julho, com término da fase de classificação no dia 28 de agosto. O quadrangular final deve ser disputado do dia 4 de setembro ao dia 2 de outubro.

Os participantes

Estão garantidos no Módulo II neste ano as equipes do Betim Futebol, Clube Atlético Serranense, Democrata de Sete Lagoas, Democrata de Governador Valadares, Guarani, Ipatinga, Nacional de Muriaé, Aymorés, Tupi de Juiz de Fora, Tupynambás, União Luziense e Villa Nova, de Nova Lima. 

 

Comentários
×