Você já pensou sobre:

POLÍTICA (NÃO) SE DISCUTE - Alexandra Galvão 

- não há ninguém, melhor que você, para administrar sua própria vida?

- nada que o Estado oferece é gratuito?

- não existe salvador da pátria?

Se identificou? 

Essas são algumas premissas do liberalismo.

E O LIBERALISMO?

 Segundo John Locke, considerado o pai do liberalismo, cabia somente aos governos garantir três direitos básicos aos homens: vida, liberdade e propriedade 

Adam Smith, pioneiro do liberalismo econômico, defendeu a não intervenção estatal na economia. 

A preocupação com a individualidade é a base do liberalismo 

O liberalismo político defende que o Estado deve preservar a liberdade individual, de escolha dos representantes do povo, a igualdade dos indivíduos perante a eliminação de privilégios. 

E POR FALAR EM “PRIVILÉGIOS”

A atitude de invocar a posição social é traduzida na célebre frase “Você sabe com quem está falando?”.

A frase é mais que um questionamento!

Privilégio está vinculado ao pseudopoder de “fazer tudo” ou de aplicar o tal “jeitinho”.

Demonstra que privilegiados pensam que a lei se aplica aos outros e nunca a eles mesmos.

A FIGURA DO SALVADOR DA PÁTRIA

Acreditar na existência da figura de um “salvador da pátria” pode até ser confortável, porém, longe da realidade.

Atribuir soluções simples para problemas complexos ou a ideia de solução mágica que resolve o problema é tentador demais para ser crível.

E POR FALAR EM LIBERDADE...

“Libertas quae sera tamen”

A  expressão em latim “Libertas quae sera tamen”, que contorna o triângulo vermelho da bandeira de Minas Gerais – lema da Inconfidência Mineira , significa “Liberdade ainda que tardia”.

Na Inconfidência Mineira, surge um grupo de insatisfeitos e inconformados  com a cobrança abusiva de impostos pela Coroa Portuguesa. 

Neste grupo destacou-se a figura do inconfidente Tiradentes, Joaquim José da Silva Xavier, que foi preso e condenado à morte e, posteriormente, seu corpo foi esquartejado e exposto em diversos locais para que servisse de exemplo a qualquer um que tentasse trair a coroa.

Mas surge também a figura de Joaquim Silvério dos Reis, o delator dos inconfidentes.

DELAÇÃO PREMIADA NA INCONFIDÊNCIA MINEIRA

Joaquim Silvério dos Reis delata os inconfidentes e é  agraciado com o perdão das dívidas que possuía com a coroa portuguesa, bem como anistia e título.

 

CONCLUINDO, CITO UM PENSADOR DA LIBERDADE

 “A essência da filosofia liberal é a crença na dignidade do indivíduo, em sua liberdade de usar ao máximo suas capacidades e oportunidades de acordo com suas próprias escolhas, sujeito somente à obrigação de não interferir com a liberdade de outros indivíduos fazerem o mesmo.”
                                                                                    MILTON FRIEDMAN

Comentários
×