Vitória sobre o Huracán garante o Cruzeiro nas oitavas de final

 

José Carlos de Oliveira

O Cruzeiro pode carimbar seu passaporte para as oitavas de final da Copa Libertadores na noite de hoje. Às 19h15, no Mineirão, o time celeste enfrenta o Huracán, da Argentina, na abertura do returno do Grupo B do torneio continental.

Com 100% de aproveitamento em seu grupo, com nove pontos ganhos em três jogos – vitórias de 1 a 0 sobre Huracán e Emelec, e 2 a 0 sobre o Deportivo Lara – o Cruzeiro garante matematicamente vaga na próxima fase com um triunfo sobre o Huracán hoje.

O segundo colocado do grupo é o Deportivo Lara, com 4 pontos; em terceiro vem o Emelec, com 2; e em quarto o Huracán, com 1 ponto. Na próxima rodada, na terça-feira, 23, o Cruzeiro joga na Venezuela, com o Deportivo Lara.

Força máxima

Sem jogadores suspensos e nem entregues ao departamento médico, o técnico Mano Menezes tem todo o grupo à sua disposição para a partida de logo mais. Apenas o atacante Pedro Rocha não tem condições de jogo. Contratado na semana passada pelo Cruzeiro, o jogador já teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, mas somente poderá ser inscrito para a Libertadores a partir das oitavas de final, quando todos os clubes podem fazer até cinco alterações na lista inicial.

Na tarde de ontem, o treinador comandou treino apronto na Toca da Raposa II, quando confirmou que o time para enfrentar o Huracán deve ser o mesmo que vem jogando a Libertadores. Mesmo com o meia Thiago Neves à disposição, Rodriguinho deve permanecer titular no meio campo, formando o setor com Marquinhos Gabriel e Robinho. Buscando seu primeiro gol na Libertadores, Fred comanda o ataque azul.

Para sacramentar sua classificação para a próxima fase da Libertadores, o Cruzeiro deve ser de: Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Fred.

 

Comentários
×