Vitória de campeão: Atlético goleia Flamengo em BH e retorna à briga pelo Brasileirão

Com atuações brilhantes de Sasha, Savarino e Arana, Galo venceu por 4x0 no Mineirão em uma atuação cirúrgica

Bruno Davi Bueno

O Atlético voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Jogando no último domingo, 8, no Mineirão, a equipe apresentou um verdadeiro futebol de candidato ao título e goleou o Flamengo por 4x0. Sasha (2x), Keno e Zaracho anotaram para o alvinegro.

Pressão no início nocauteia o Flamengo

A partida começou com o Galo tomando um verdadeiro susto. Everton Ribeiro soltou uma bomba fora da área e a bola passou raspando o goleiro. Todavia, a resposta do Atlético veio logo após. Logo aos 3 minutos, Savarino foi a linha de fundo e cruzou para Sasha, que desviou com sutileza e venceu o arqueiro Hugo. 1x0 para o time mineiro.

Com vantagem no placar, o Atlético continuou pressionando para marcar mais gols. A vontade de vencer, que não foi vista nos últimos resultados negativos do Galo, se mostrou presente no Mineirão. Aos 7 minutos, Savarino mais uma vez assumiu a responsabilidade de criar a jogada do gol. O venezuelano chamou a defesa do Flamengo pra dançar, atraiu a marcação e tocou para Keno, livre na ponta-esquerda, finalizar no canto do goleiro. Atlético 2x0 e um Flamengo completamente nocauteado em BH.

A equipe de Domenec Torrent, com 2 gols de desvantagem, partiu para cima do Galo. Contudo, o ótimo setor defensivo do Atlético mais uma vez se mostrou eficiente e impedia todas as jogadas da equipe rubro-negra. Alonso e Réver grudavam em Bruno Henrique e Everton Ribeiro, já Arana, que fez uma grande partida, ficava de olho em Pedro. Tudo isso contribuiu para que o primeiro tempo terminasse com uma vitória confortável da equipe de Vespasiano.

Controlando as ações

O Flamengo voltou para o segundo tempo pressionando o Galo. Logo no primeiro minuto, Pedro cabeceou e viu Éverson fazer grande defesa. No rebote, Bruno Henrique acertou a trave. Parecia que a equipe do Rio iria assumir o controle da partida. Porém não foi o que aconteceu.

Sampaoli, mesmo nas tribunas por ter sido expulso diante do Palmeiras, soube controlar seu time. A equipe da Gávea simplesmente não conseguia adentrar na área do Galo. Por sua vez, o Atlético parecia ter total controle da partida. Aos 13 minutos, Arana fez grande jogada na linha de fundo e cruzou para Sasha cabecear debaixo das pernas do goleiro Hugo. A terceira finalização no gol e o terceiro tento anotado.

Logo após, Sasha ainda teve a chance de fazer o hat-trick. Recebeu cara a cara com goleiro, tocou por cima e viu a bola saindo pra fora. O Flamengo respondeu com outro cabeceio de Pedro que parou em Éverson. Michael, Lincoln e Gabigol entraram em campo, porém o Flamengo continuava pouco atrevido no Mineirão.

Aos 37 minutos, veio a sentença de morte para a equipe da Gávea. Mais uma grande jogada de Savarino e passe perfeito para Zaracho tocar na saída do goleiro. A terceira assistência do meia e o primeiro gol do argentino pelo Galo. Atlético 4x0 e fim da linha para o Flamengo.

O Galo teve a atuação que a torcida esperava. Venceu e convenceu um adversário direto na luta pelo título. Os comandados de Jorge Sampaoli tem muito trabalho pela frente, mas, sim, o título brasileiro é uma possibilidade real. O Atlético tem calibre pra isso.

Sasha desencanta

O atacante do Galo estava há mais de 200 minutos sem marcar. Porém, na partida contra o Flamengo, o jogador gaúcho desencantou. 2 gols importantíssimos para definir a vitória para o Atlético.

Os torcedores — aqueles mais maldosos — podem achar que Sasha percebeu que precisa mostrar mais empenho para não perder a posição de camisa 9 para seu concorrente recém chegado. Eduardo Vargas, atacante chinelo comprado pelo Galo na última semana, acompanhou das cabines a partida e já deve estrear na próxima rodada. Todavia, o jogador brasileiro havia se esforçado muito diante do Bahia, Sport e Palmeiras, tendo azar na hora das conclusões e finalmente, na partida de hoje, foi recompensado com seus gols.

O fato é que a disputa entre Sasha e Vargas trará dores de cabeça para Jorge Sampaoli. Quem ganha com isso tudo é o próprio Atlético, que terá dois centroavantes de alto nível para o restante do Brasileirão.

Tarefa difícil na próxima rodada

O Galo cumpriu o que era necessário. Na última coluna do Jornal Agora — que contamos sobre a dura derrota diante do Palmeiras — dissemos que se o Atlético ainda queria conquistar o Brasileirão após 49 anos deveria ganhar do Flamengo, concorrente direto, no Mineirão. Assim o fez. Vitória consistente após jogos ruins e motivação para a continuação da Série A.

Para tentar embalar novamente no Brasileirão, o Atlético irá até São Paulo no próximo sábado, 14, enfrentar o Corinthians na Neo Química Arena. O jogo está marcado para as 19h.

Com a vitória diante do Flamengo, o time de Jorge Sampaoli reassumiu a vice-liderança do Brasileirão, com 35 pontos. A equipe está apenas a um ponto do líder, Internacional. Vale lembrar que o Galo ainda tem um jogo atrasado diante do Atlético-PR, que será disputado dia 18.

Comentários
×