Vigilância realiza mais 168 inspeções relacionadas à Onda Roxa

Ao todo, foram 14 infrações e uma interdição

Da Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Vigilância em Saúde, divulgou o balanço do plantão fiscal realizado entre os dias 22 a 26 de março. Neste período foram realizadas 168 inspeções, 14 infrações e uma interdição.

Entre os estabelecimentos infracionados estão: bares e congêneres (4), indústria (1), papelaria e autopeças (2), salão de beleza (1), locadoras de imóveis (2), academia (1), escola (1), Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI) (1) e uma clínica de estética. A interdição aconteceu em uma clínica de estética.

Junto com o trabalho de fiscalização, uma equipe de apoio realiza o monitoramento diário dos estabelecimentos que provocam maiores aglomerações como supermercados, agências lotéricas, agências bancárias, restaurantes e padarias, para que os protocolos sanitários sejam cumpridos.

As inspeções, relacionadas aos protocolos sanitários de enfrentamento a Covid-19, acontecem também nas unidades básicas de saúde e nas drogarias, especialmente naquelas habilitadas a realização de testes para covid-19 e nos laboratórios de análise clínicas.

Na parte da manhã e da tarde, diariamente, e com apoio da polícia militar, acontece ação fiscal na rua Pitangui com intuito de coibir a prática de atividades físicas ao longo desta via, bem como evitar a aglomeração de pessoas.

Qualquer cidadão que tiver conhecimento de irregularidade sanitária ou descumprimento de medidas de prevenção à covid-19, previstas em decreto ou outros atos regulares, poderá denunciar por meio do Aplicativo App Divinópolis ou via WhatsApp (37) 9.9111-0030, por mensagem. Denúncias falsas serão objeto de investigação própria e, se for o caso, instauração de procedimento criminal competente.

 

Comentários
×