Vigilância em Saúde afirma que vai intensificar fiscalização de bares em Divinópolis

 

Da Redação

Com a adesão ao programa Minas Consciente, do Governo Estadual, os protocolos referentes ao funcionamento de estabelecimentos como bares, restaurantes, lanchonetes e afins em Divinópolis foram alterados em relação aos Decretos Municipais anteriores. A Vigilância Sanitária afirma que vai intensificar a fiscalização nos locais.

 Atualmente, Divinópolis se encontra na denominada onda amarela do programa, que permite o consumo de bebidas alcóolicas em estabelecimentos alimentícios.

— A Prefeitura de Divinópolis seguirá intensificando a fiscalização nos estabelecimentos para que todos os cidadãos cumpram com as medidas de segurança, como distanciamento mínimo de dois metros entre mesas, priorizando a utilização da mesa pela mesma família; a permanência de clientes sentados; e a higienização constante no local, principalmente a desocupação das mesas — informou a Administração.

Em caso de descumprimento, o infrator poderá ser penalizado com advertência, multa de um a dez UPFMDs (R$ 79,95 cada), interdição, cassação do alvará ou fechamento compulsório do estabelecimento pelas autoridades competentes.

A diretora da Vigilância em Saúde, Janice Soares, ressalta que as medidas devem ser cumpridas com rigor. 

— A colaboração da população é essencial para cumprir as determinações dos decretos. Só assim, a propagação do vírus no município será controlada. A Vigilância segue fiscalizando estabelecimentos em diversos pontos da cidade e conta com o apoio dos cidadãos para denunciar irregularidades — conclui.

Para denunciar descumprimento dos Decretos Municipais, o cidadão poderá abrir chamado pelo AppDivinópolis, selecionando a opção “Coronavírus”. A ferramenta é gratuita e está disponível nas lojas de aplicativos para celular.

Comentários
×