Vereadores cobram agilidade com pareceres e contato com tribunos antes das reuniões

 

Ricardo Welbert 

O vereador Marcus Vinicius (Pros) cobrou ontem mais agilidade da Mesa Diretora da Câmara na aprovação dos pareceres apresentados. O recado veio logo depois de o presidente Adair Otaviano (PMDB) aceitar sobrestamento a um projeto de Edson Sousa (PMDB) sobre a venda de animais domésticos em Divinópolis.

De acordo presidente da Comissão de Justiça, Legislação e Redação, a "morosidade" prejudica o andamento das discussões.

— Peço aos consultores jurídicos que tenhamos mais agilidade na elaboração dos pareceres, para que os vereadores que compõem as comissões possam fazer frente às demandas apresentadas pelos vereadores. Muitas vezes existe morosidade na liberação — cobrou Marcos Vinícius.

Tribuna vazia

Pela quarta vez seguida, a tribuna livre não foi usada ontem. Rafael Couto e Silva, escolhido pelo Legislativo para usar o espaço, não compareceu. Na quinta-feira, 19, quando o problema ocorreu pela terceira vez seguida, a vereadora Janete Aparecida (PSD) propôs a criação de uma fila de espera.

— A tribuna livre desta Casa é extremamente disputada. Quem procurar por uma oportunidade de usar este espaço neste momento só encontra vaga para o ano que vem. Por isso é inaceitável que ele continue deixando de ser usado pela ausência do tribuno do dia - comentou.

O núcleo jurídico do Legislativo ainda não comentou a observação feita por Marcos Vinícius. O pedido de Janete ainda precisa ser analisado por Adair Otaviano.

 

 

Comentários
×