Vereador de Divinópolis é ameaçado pelo PMDB a votar a favor do governo, sob risco de expulsão da sigla

Ricardo Welbert

O vereador Dr. Delano recebeu nesta terça-feira, 19, uma carta do diretório municipal do PMDB exigindo que ele passe a votar favorável a qualquer projeto de lei apresentado pelo Executivo – dentre eles, obviamente, o que propõe o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), ao qual Delano já manifestou ser contra.

— Recebi há pouco esta carta do meu partido, dizendo que a partir da presente data todos os projetos deverão ser votados de acordo com o desejo do Executivo municipal e que, caso desobedeça, serei expulso do partido. Sou totalmente contra o aumento do IPTU. A meu ver, quem tem que pagar mais são os ricos. Pobre não deveria pagar nada — disse Delano durante pronunciamento na tribuna, quando mostrou a parta.

O vereador afirmou que caso desobedeça e seja expulso do partido, passará a dar prejuízo o Município, pois perderá o direito a pronunciamento nas reuniões ordinárias.

— Venho dizendo há um tempão que não tem nem razoabilidade de a gente votar favorável a um negócio desse e por isso recebi esse presente de grego do meu próprio partido. O PMDB, partido ao qual dei 2,7 mil votos, virei líder e agora recebi esse presente. Mas, vou procurar recurso ainda hoje. Deve haver recurso. Se tiver brecha legal, com certeza vou usar essa brecha. É para isso que a Câmara tem procuradoria — desabafou o vereador.

Confira a íntegra da carta do PMDB a Dr. Delano

 

 

Comentários
×