Vereador cobra uso de verba economizada de carro oficial

Ricardo Welbert

Cleitinho Azevedo (PPS) pediu ao presidente da Câmara, Adair Otaviano (PMDB), que sugira ao prefeito Galileu (PMDB) a compra de tiras para medição de glicemia com R$ 21 mil que o vereador economizou ao deixar de usar o carro oficial em seu primeiro ano de mandato. De acordo com o parlamentar, o material necessário a quem tem diabetes seria distribuído nas farmácias públicas do município.

A falta de medicamentos nas unidades de saúde do Município não é um fato isolado, mas sim uma constante. Por várias vezes fomos informados por cidadão que, ao buscarem nas farmácias municipais os medicamentos prescritos pelos médicos, não os encontram. Assim, precisam superar esse gasto com algo imprevisto no orçamento — diz o vereador.

Segundo a controladora geral da Câmara, Rosângela Santos Silva Pena, ao dispensar o uso do carro oficial para uso parlamentar, o vereador economizou R$ 21.030,84 com locação, combustível e estacionamento ao longo do ano.

Cleitinho ressalta que cabe exclusivamente ao poder público destinar recursos a setores como o da saúde. Porém, tenta fazer sua parte.

— Abri mão do carro oficial. Com isso, solicito que, após serem devolvidos ao Executivo os recursos economizados por mim no Legislativo, que esse valor seja direcionado à compra de tiras para diabéticos — diz.

Outros lados 

Cleitinho fez ao pedido a Adair Otaviano em 12 de dezembro e ainda não obteve resposta. O Agora perguntou ao vereador sobre a demanda, mas também não foi respondido até o fechamento desta reportagem, às 16h.

Procurada, a Prefeitura de Divinópolis explicou que o dinheiro economizado por Cleitinho ainda está na Câmara e que poderá, após o fim de dezembro (devido ao encerramento do balanço financeiro anual) ser transferido pelo Legislativo à Secretaria de Saúde e, assim, ser aplicado na compra dos insumos sugeridos pelo vereador. 

Leia também

Falta de fitas em Divinópolis põe saúde de diabéticos em risco

 

Comentários
×