Vereador cobra qualificação de deputados e senadores através da política local

Proposta visa garantir que representantes do Legislativo na esfera estadual e federal ocupem o cargo de vereador antes de assumirem cadeira na Assembleia ou no Congresso

Da Redação

Em seu mais recente discurso na Câmara, nesta quinta, 12, o vereador Edsom Sousa (CDN) cobrou a maior qualificação do poder legislativo através da experiência local. Sua proposta, apresentada ao deputado federal Léo Motta (PSL-MG), prevê que parlamentares estaduais e federais, senadores e suplentes tenham ocupado o cargo de vereador antes de concorrerem a cargos de esferas superiores, respeitando uma cadeia hierárquica de ascenção e qualificando os futuros representantes da sociedade através da origem da política: a municipalidade.

— Todo deputado estadual, deputado federal, senador, suplente de senador tem que ter sido vereador. Não tem condições. Olhem os suplentes de senadores deste país — argumentou.

Sua ideia é, através do Congresso, propor essa mudança, inclusive já prevendo o tempo necessário de adequação dos atuais representantes afetados pela legislação.

— A partir de 2038, qualquer cargo público do poder legislativo a pessoa tem que ter sido vereadora antes. Estamos dando 17 anos de transição — destacou.

Edsom relatou que Motta prometeu estudar a proposta.

— Espero que esse país tenha a decência da utopia — encerrou o vereador.

 

Confira o pronunciamento:

Comentários
×