Vereador articula para liberar 'Castramóvel' em Divinópolis

Ricardo Welbert

O vereador Cleitinho Azevedo (PPS) tenta viabilizar a aquisição de um "Castramóvel" para Divinópolis. Segundo ele, a cidade precisa do veículo equipado para realizar cirurgias gratuitas de castração para cães e gatos, fêmeas e machos. Método que considera como ético e eficaz na promoção da saúde pública e ambiental.

— Tenho buscado parcerias com o Centro de Referência de Vigilância em Saúde Ambiental (Crevisa) e com entidades que acolhem animais abandonados, para uma gestão compartilhada do serviço. A meta é que o veículo passe a percorrer os bairros a cada dois meses, permitindo que as pessoas entreguem seus animais para a castração — explica.

Ainda segundo Cleitinho, muita gente abandona os cães e gastos nas ruas por não ter dinheiro para castrá-los.

— Às vezes também não têm condições de levar o bicho ao Crevisa, que fica perto de Cajuru — acrescentou.

Ainda segundo o vereador, um veterinário contratado pelo Município acompanharia o serviço e faria o procedimento. A expectativa é de que o projeto saia do papel no mês que vem.

Cleitinho pretende falar mais sobre o assunto durante a reunião ordinária desta terça-feira, 17.

Cidade conheceu

Divinópolis recebeu a visita de um "Castramóvel" em maio deste ano, numa ação conjunta entre o projeto de manejo e controle de população animal "Amigos de 4 Patas", a organização não governamental A4, a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e a Sociedade Protetora dos Animais (Spad). 

O serviço foi oferecido de 22 a 25 de maio. De acordo com Beatriz Ferreira, coordenadora do "Amigos de 4 Patas" e professora na UFSJ, foram realizadas 318 castrações.

O caminhão ficou no Centro de Treinamento do Corpo de Bombeiros.

O projeto foi criado pelo deputado estadual Noraldino Júnior (PSC), em parceria com a ONG Ajuda. A castração previne no caso dos machos o câncer de próstata e nas fêmeas o câncer de mama, além de evitar o crescimento populacional dos animais de rua.

A castração foi feita graça. Antes de receber o procedimento, os cães e gatos passam por uma triagem para avaliar se o animal tem condições de fazer cirurgia.

Os reprovados são substituídos por outros que aguardam em uma fila de espera.

Divinópolis foi o terceiro município da região Centro-Oeste de Minas a receber o "Castramóvel". Em março, o caminhão esteve em Santo Antônio do Monte e Lagoa da Prata, com atividades entre os dias 7 e 10 de março.

O horário de atendimento foi das 8h às 11h e das 13h às 16h. O cadastro foi feito por agendamento, sempre no primeiro dia útil de cada mês.

Cleitinho acredita que donos abandonam animais por falta de condições de castrá-los
(Foto: TV Câmara/Reprodução)

 

Comentários
×