Vacinação contra febre amarela segue abaixo da meta em Divinópolis

 

Ana Laura Corrêa

Apesar de ter aumentado a procura por vacina contra a febre amarela nos últimos dias, Divinópolis ainda permanece abaixo dos 95% de meta estabelecida pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

De acordo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), atualmente, apenas 82,26% da população do município se encontra imunizada contra a doença.

O aumento da busca pela vacina foi influenciado, segundo a Semusa, devido à realidade vista no estado de São Paulo, onde subiu para 21 o número de mortes causadas pela doença. O estado foi classificado como área de risco pela Organização Mundial de Saúde e uma campanha de vacinação fracionada será iniciada no dia 29 de janeiro.

Vacinas

De acordo com a Semusa, todas as Unidades Básicas de Saúde do município disponibilizam vacinas contra febre amarela. No entanto, na tarde de ontem, 15, uma atendente do posto de saúde Central, que não quis se identificar, informou que a unidade estava sem a vacina e sem previsão de reposição.

Nestes casos, a população deve procurar outro posto para receber a imunização. Quem tem entre 9 e 59 anos precisa se vacinar contra a doença. Gestantes e idosos, por sua vez, devem ser avaliados por um profissional de saúde.

Ações

Campanhas especiais de vacinação contra a febre amarela não estão sendo desenvolvidas pela Semusa no município. Segundo o órgão, as ações executadas na cidade são rotineiras visto que não há casos registrados da doença ou indícios de surto.

Minas Gerais

Até a última segunda-feira, 15, havia 12 casos confirmados de febre amarela silvestre em Minas Gerais, sendo que 11 deles evoluíram para morte.

Já a regional de Divinópolis tinha um caso da doença, confirmado no último dia 5, que levou à morte um homem da cidade de Carmo da Mata. Outros cinco casos ainda estão sob investigação, sendo que 3 deles também evoluíram para morte e 2 estão internados ou foram curados.

 

Comentários
×