Utilidade p√ļblica!

Renata Rachid 

Você acorda, boceja e, sem mais nem menos, ouve um:  “Piri, pipiri, pipiri, piri, piriguete”, vindo da sua cabeça. Você se levanta, escova os dentes, toma um café e: “Rebola devagar depois desce”.

“Piri, pipiri, pipiri, piri, piriguete.” Já era. A música grudou. Esse fenômeno irritante, que faz com que fiquemos repetindo mentalmente músicas, é chamado de “earworm” (“minhoca de ouvido”), termo criado pelo professor James Kellaris, da Universidade de Cincinnati.

Quando estamos desocupados ou distraídos, basta pensar rapidamente numa música para o fenômeno acontecer. O que se forma, então, é algo parecido com uma coceira cerebral. O jeito de amenizar esse incômodo é repetir mentalmente a música “ad infinitum” (ou seja, inteira).

Porém, pode ocorrer de você não se lembrar da música toda, ou sequer do nome da danada!

Como fazer!?

Seus problemas acabaram!

O Google desenvolveu uma nova tecnologia: o “zumbir para pesquisar”. 

Você já sabia dessa novidade?

Basicamente, você vai poder assoviar, cantarolar ou cantar por 10 a 15 segundos e identificar o nome da música que queria saber.

Como a tecnologia funciona: o usuário faz o barulho que se lembrar e o Google pega a melodia e a transforma em uma sequência baseada em números, que remove qualquer ruído externo.

Nos resultados, pode ser que apareça mais de uma música, além de videoclipes etc.

Esse “doutor Google” sabe das coisas!

Só falta adivinhar pensamentos!

Mas isso não deve estar muito longe!

Beijo de luz!

@renatanrachid

Gastronomia

No dia 16 de outubro foi comemorado o Dia do Pão.

O pão é um dos alimentos mais importantes da humanidade. Ele, que é uma herança de milhares de anos atrás, perdura no mundo até hoje e, inclusive, é mencionado como “o pão nosso de cada dia” por muitas religiões!

Existem vários tipos de pães, e um dos meus queridinhos é o sírio!

Pão sírio, também conhecido no Brasil como pão árabe, é um tipo de pão levedado achatado, feito com farinha de trigo e comum em vários países do Mediterrâneo, Oriente Médio e regiões vizinhas.

Nabil  Hoblos, do ARABEK COZINHA ÁRABE, é um expert na arte de fazer esse tipo de pão. Sobre isso, ele nos conta um pouco mais:

“É importante abrir a massa em discos bem finos. O pão sírio é assado a altas temperaturas (232-246°C). Com o calor, a água da massa é transformada em vapor, fazendo com que a massa inche e forme um bolso de ar. Quando removido do forno o pão vai desinflar, mas as camadas de massa assada permanecem separadas dentro do pão desinflado, o que permite que o pão seja aberto e recheado”.

Pão arabe é mesmo uma delícia! É muito versátil, vai bem com tudo!

Ficou com água na boca?

Ligue e garanta o seu!

Ifood ou 99169-6273.

@arabek.div

Presente!

A superbarbeira e cabeleireira Samara Rizzo lançará o workshop “Mãos de Tesoura 2.0”.

Num evento on-line e 100% gratuito, ocorrerão lives de muito conteúdo, com técnicas do método Especializzo, dicas de posicionamento e marketing para barbeiros e muito mais. O evento acontecerá de 25 a 29 deste mês. É mesmo um presente! Se você é da área “barber” ou sonha em ingressar nesse setor, não perca a oportunidade!

Segue link para inscrição:

samaraizzo.com.br/samara-

@samaraizzo

Cápsula

Por direct, uma seguidora me perguntou o que seria uma coleção cápsula.

Aí vai a resposta.

A moda é composta por coleções sazonais, como a primavera/verão e outono/inverno. Entretanto, entre estas grandes coleções também existe a coleção cápsula, que nada mais é do que uma pequena coleção entre as temporadas. São peças produzidas em menor quantidade, e, por isso, mais exclusivas. Ainda nesta semana teremos na KILÔMETRO QUADRADO  mais uma “Cápsula de Lançamento” da coleção primavera/verão!

Confira!

@kilometroquadrado

Decor

Poucos objetos trazem tantas memórias boas quanto o balanço. Sentir o vento no rosto, ir cada vez mais alto ou, apenas, relaxar com o vai e vem do brinquedo nos leva diretamente para o melhor da nossa infância. Essa é a inspiração “Decor” da coluna desta semana! Então, por que não ter um desses objetos em casa e se teletransportar sempre que você quiser?

Simples de serem feitos, os balanços tradicionais, montados com madeira e corda, trazem um ar rústico e descolado para o ambiente. Não somente nas varandas, eles são superdivertidos, discretos e combinam com diversos cômodos, de quartos a salas. Aposte!

Velinhas

Nosso querido Euler Alves soprou velinhas ontem!

Felicidades!

Coment√°rios
×