UPA e São João de Deus recebem doação de 60 capacetes elmo

Da Redação

Foram entregues, na manhã desta quinta-feira, 1º, 60 capacetes elmo a unidades de saúde de Divinópolis. 30 dos itens foram destinados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto e outros 30 para o Complexo de Saúde São João de Deus.

Os equipamentos foram adquiridos por meio de uma campanha realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). Dentre os doadores estão o Sinduscon e um grupo de empresários. Cada capacete custa, em média, R$ 1.200,00. O transporte ficou a cargo do Município, que buscou os equipamentos ontem à noite em Belo Horizonte.

O aparelho, que é uma invenção brasileira, é um suporte de ventilação não invasivo que evita em até 60% as intubações e auxilia na recuperação pulmonar.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Alan Rodrigo da Silva, que esteve presente no ato da entrega, o equipamento tem a possibilidade de trazer benefícios em relação à não necessidade de intubação.

— Isso é muito importante no cenário atual, onde temos risco de falta de medicamentos necessários para intubação. Ele poderá contribuir para diminuir a piora dos pacientes. Já estamos definindo os protocolos de uso deste capacete, seguindo o manual do fabricante, e ele já pode ser utilizado. O desempenho será monitorado pela equipe — explicou.

De acordo com o diretor técnico da UPA, Rodolfo Monteiro, o capacete tem a capacidade de manter a pressão positiva nas vias aéreas do paciente, evitando a insuficiência respiratória aguda.

— Pacientes que estão na enfermaria, com quadro respiratório se agravando e que provavelmente precisarão de CTI, poderão fazer uso do capacete e ter uma melhora no quadro, evitando a intubação — explicou. 

A diretora presidente da Fundação Geraldo Corrêa – Complexo de Saúde São João de Deus, Elis Regina Guimarães, destacou a importância da mobilização do setor empresarial na busca por novas tecnologias que podem contribuir com a economia de recursos do hospital e salvar mais vidas.

— Existe uma grande possibilidade de diminuição de consumo de medicamentos que já estão em falta no mercado, como neurobloqueadores e anestésicos, já que a expectativa é que, com o uso do capacete e diminuição de intubação de pacientes, diminua o uso desses recursos que podem causar perdas de vidas se faltarem — enfatizou.

Doação

Cada capacete custa, em média, R$ 1.200,00. As empresas que doarem acima desse valor terão a opção de direcionar o(s) capacete(s) para as entidades públicas e/ou filantrópicas que desejarem desde que estejam em situação de emergência. Empresários que queiram ajudar devem enviar o comprovante de depósito ou transferência para o e-mail hicastro@fiemg.com.br ou para o WhatsApp (37) 99803-4966, para que a Fiemg Regional possa identificar o valor arrecadado e destinar a quantidade correta de aparelhos para Divinópolis.

A conta para depósito é:

Banco: 756 - Bancoob / Agência - Cooperativa: 3330 - Sicoob Credifiemg - conta corrente 12.262-9, favorecido - Federação das Indústrias de Minas Gerais - Fiemg, CNPJ 17.212.069/0001-81.

Comentários
×