UPA de Divinópolis pode fechar, diz vereador

Ricardo Welbert

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto, em Divinópolis, corre o risco de fechar. É o que afirmou o vereador Renato Ferreira (PSDB) em seu discurso durante a reunião desta terça-feira, 3, na Câmara. 

O vereador explicou que foi convidado para participar de uma reunião no gabinete do secretário municipal de Saúde, com o grupo gestor, a Comissão de Saúde, Secretaria da Fazenda, Procuradoria e Hospital São João de Deus. A pauta prévia foi o possível fechamento da UPA de Divinópolis. 

Segundo o vereador, falou-se na possível interdição ética na UPA, por causa das dívidas que o Município possui junto à Santa Casa de Formiga, gestora da unidade. Propôs a retomada da regulação hospitalar. A proposta é fazer com que o HSJD atenda à macrorregião em alta complexidade e que o Município regule a média complexidade na microrregião de saúde.

- Se o Município não receber até a próxima sexta-feira, 5, R$ 10 milhões de um montante de R$ 40 milhões, não haverá outra alternativa a não ser o fechamento da UPA. O vice-prefeito Rinaldo Valério [PV] disse que participa nesta semana de uma reunião com o vice-governador e que vai levar o problema a ele - disse o vereador.

Também foi sugerido que as cirurgias eletivas fossem suspensas em caráter emergencial no HSJD para aliviar o atendimento na UPA. Também foi falado que seja feita uma Parceria Público Privada (PPP) para privatizar o Hospital Público Regional (HPR). Foi dito que não é certo que Nova Serrana encaminhe pacientes à UPA de Divinópolis. 

 - O Estado deve mais de R$ 40 milhões ao Município. É hora de cobrar de quem deve. Na sexta-feira a UPA pode parar. Mais um caos na cidade. Já não temos segurança e hoje a gente vê esse caos - declarou. 

O que diz a prefeitura

Procurada, a prefeitura negou o possível fechamento da unidade.

Comentários
×