Um a cada quatro acidentes com pedestres na região Oeste ocorre em Divinópolis

Números deste ano podem ser explicados pela imprudência; Settrans pede cuidado com nova conversão à direita

Bruno Bueno

Os acidentes de trânsito com pedestres aumentaram em Divinópolis. Pelo menos é o que indicam as informações do Samu obtidas pelo Agora na tarde de ontem, que mostram que uma em cada quatro ocorrências desse tipo na região Centro-Oeste aconteceram no município. 

Das 150 ocorrências registradas pelo Samu neste ano, 38 foram em Divinópolis, o que representa 25% do total. Os números foram contabilizados entre os dias 1º de janeiro e 30 de junho.

Ainda segundo o Samu, a gravidade dos atropelamentos também aumentou no primeiro semestre de 2021.

Gravidade

Os dados revelados pelo Samu ainda evidenciaram a gravidade dos acidentes que, segundo o serviço, também aumentaram em relação ao ano anterior. No último dia 26, por exemplo, um homem de 52 anos morreu atropelado ao atravessar a BR-494, entre os bairros Santo André e Copacabana. O condutor do veículo, uma caminhonete prata, que atingiu o rapaz não prestou socorro e fugiu do local.

Outro caso que gerou repercussão na cidade ocorreu no último dia 12, quando uma criança de cinco anos foi atropelada na MG-050, próximo ao bairro Icaraí. Conforme informações de internautas nas redes sociais, o menino se soltou da mãe e foi em direção à rodovia. Por sorte, ele teve ferimentos leves e não precisou realizar procedimentos cirúrgicos.

Imprudência

O secretário municipal de Trânsito, Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Lucas Lopes Estevam, afirmou que a maioria dos acidentes com pedestres ocorre principalmente por imprudência.

—  Também por falta de atenção dos pedestres e motoristas. Orientamos que o transeunte sempre atravesse na faixa e sempre espere o sinal mudar para o verde para se deslocar com segurança. Nos cruzamentos sem semáforos, deve ser realizado da forma mais clara possível, na faixa mais à direita — recomendou.

Lucas também disse que a secretaria trabalha diariamente para reduzir o número de acidentes.

— A Settrans atua para diminuir o número de acidentes. Realizamos a manutenção dos semáforos, faixas de pedestre e sinalização para garantir uma travessia mais segura do pedestre — explicou

Nova lei

Os pedestres devem tomar ainda mais cuidado depois das alterações da lei 14.071/2020 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) ocorridas em abril do ano passado. Segundo as novas medidas, está permitido aos condutores realizar conversões à direita mesmo com semáforos fechados em locais que tiverem autorização e sinalização.

À reportagem, o secretário responsável afirmou que Divinópolis ainda não vislumbra implantar o sistema em ruas da cidade.

Detalhes

Em nota, a Secretaria Municipal de Trânsito, Segurança Pública e Mobilidade Urbana (Settrans) deu mais detalhes sobre os cuidados que o motorista deve tomar com a nova lei.

— Os condutores deverão se atentar para a travessia de pedestres naquele local. Além de reduzir a velocidade para realizar a conversão, é preciso olhar para o lado oposto ao sentido da via, para se certificar de que não há pedestres atravessando o cruzamento — explicou.

Comentários
×