UAIs começam a atender cidadãos por videochamada

 

Da Agência Minas 

Uma ferramenta criada pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), permite que as Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) ofereçam, desde sexta-feira, 5, serviços por videochamada. A nova funcionalidade, que contribui para as medidas de isolamento social do Estado, faz parte do Minas Atende – programa lançado em 2019, que tem o objetivo de aproximar o cidadão dos serviços públicos.

A princípio, a modalidade funcionará para habilitação do benefício do seguro-desemprego, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), para atender aqueles cidadãos que não conseguiram efetuar o atendimento por meio dos canais digitais já disponibilizados pelo governo federal: o Portal Emprega Brasil e o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Atendentes lotados na UAI da Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte, farão os atendimentos on-line para atualização dos dados cadastrados.

Como acessar

Para ser atendido, o cidadão deve acessar o Portal MG (https://www.mg.gov.br/agendamento), selecionando a opção referente ao seguro-desemprego. Ele receberá uma senha virtual e, quando chegar a sua vez, o primeiro atendente disponível irá atendê-lo. No mesmo ambiente on-line, será possível anexar documentos e atualizar os dados, sem a necessidade de se deslocar até uma UAI.

— Iniciamos a experiência de realizar o atendimento por videochamada nas UAIs. É um passo importante e, se houver os resultados esperados, o modelo será expandido para outros serviços oferecidos pelo Estado. O objetivo é que a ferramenta se torne mais um canal de atendimento do Governo de Minas ao cidadão mineiro —  afirmou o subsecretário de Governança Eletrônica e Serviços da Seplag, Rodrigo Diniz.

A ferramente permite que pessoas de qualquer parte do estado possam realizar agendamentos e receber atendimento.

Para a diretora da Central de Atendimento Presencial, Christiane Bolda Lazzarotti, a iniciativa segue as diretrizes do Governo de Minas para enfrentamento ao coronavírus.

— É uma forma de oferecer o atendimento que o cidadão necessita, sem que ele precise sair de casa. A ferramenta evita aglomerações nas unidades, principalmente durante a pandemia — destaca.

O subsecretário de Trabalho e Emprego da Sedese, Raphael Vasconcelos, concorda.

— Além de garantir a segurança do mineiro, uma vez que ele pode acessar o serviço sem se expor a qualquer risco, a nova tecnologia permite transformar o atendimento presencial em remoto. A ferramenta possibilita atender cidadãos de qualquer parte do estado, gerando economia e comodidade — salienta.

Comentários
×