Troca de comando na Polícia Militar

Da Redação

A estrutura da Polícia Militar (PM) em Divinópolis sofreu alterações na manhã de ontem. A mudança aconteceu na 7ª Companhia da Polícia Militar Independente de Policiamento Especializado. O major Erlando Ferreira da Silva assumiu o comando da unidade. O cargo foi passado pelo também major Alexsander de Oliveira Silva, que deixou o posto para assumir o comando da Polícia Militar Rodoviária, responsável pela mesma região.

Despedida

O ato solene marcou a despedida do major Alexsander da Companhia Independente de Policiamento Especializado. Ele parte agora para um novo desafio.

— Foram quatro anos atuando aqui, na 7ª Companhia da Polícia Militar Independente de Policiamento Especializado, dois como subcomandante e dois como comandante. O sentimento que a gente tem e deixa é de gratidão e dever cumprido. Eu tive o prazer de liderar uma tropa altamente operacional e preparada, e agora estou indo assumir já hoje [ontem] à tarde o comando da 7ª Companhia da Polícia Rodoviária. Um desafio novo, mas continuaremos trabalhando para o bem social — disse Alexsander.

Novo comando

O major Erlando Ferreira da Silva assume o comando da unidade especializada e disse reconhecer o tamanho da responsabilidade.

— É uma responsabilidade muito grande ter sido designado pelo Comando Polícia Militar para liderar uma Companhia especializada da Polícia Militar. Nosso desafio maior é o enfrentamento da criminalidade, através de ações de recobrimento nos 50 municípios que compõem a 7ª Região da Polícia Militar — explicou o major.

Sobre os planos para o enfrentamento da criminalidade na região com cobertura pela unidade, Erlando planeja investir em ações para capturar criminosos específicos.

— O planejamento é dar continuidade ao trabalho de excelência que vem sendo feito pela Companhia. Nós vamos implementar ações de inteligência visando, principalmente, a identificar alvos específicos na região, para fazer frente às demandas de repressão criminal da 7ª Região — destacou o novo comandante.

Em seu discurso de posse, o major Erlando aproveitou para enaltecer a tropa e prometeu se dedicar ao máximo para realizar um bom trabalho.

—Tenho plena consciência da elevada responsabilidade atrelada ao cargo que a PMMG me confia nessa data. Tenho certeza de que dedicação e trabalho não faltarão para honrar a confiança depositada neste oficial. Por outro lado, me tranquiliza saber que terei ao meu lado uma tropa de valentes combatentes. Os quais com dedicação, força e obstinação, enfrentam a criminalidade violenta e promovem segurança de forma qualificada — ressaltou.

Mais mudanças

Outra troca também está marcada para acontecer no dia 12 de fevereiro. Por ter completado 30 anos de serviço, o comandante da 7ª Região da Polícia Militar, coronel Marcelo Augusto, irá para a reserva da PM. Quem assume o posto é o coronel Webster Waldim Passos.

Presente na cerimônia de transmissão de cargo, o coronel Marcelo Augusto exaltou o trabalho da unidade da PM Independente de Policiamento Especializado e a importância no combate ao crime.   

—Ressaltamos a importância da Companhia de Policiamento Especializado. É uma unidade de recobrimento, que é a força de manobra da região, atua nos 50 municípios. Então é uma tropa especializada, qualificada, apesar de serem poucos policiais, mas que exercem um trabalho espetacular aqui, principalmente na produtividade de apreensão de armas, contenção de crimes violentos. Então é ressaltar mais uma vez a escolha do major Erlando, que tem um perfil ideal para assumir esse comando — destacou Marcelo.

Sobre o encerramento de seu trabalho, o coronel destacou a mudança de perfil dos policiais e a redução de crimes na região.

 —Deixamos aqui um trabalho bastante exitoso, principalmente com a redução dos crimes, crimes violentos, e uma mudança também de perfil da tropa, um perfil mais operacional, que é o que a gente precisa hoje — apontou o coronel Marcelo.

Comentários
×