Três assassinatos marcam fim de semana em Divinópolis

Dois homicídios e um feminicídio foram registrados; PM garante que índice de crimes violentos apresentam redução

Bruno Bueno

Divinópolis teve um fim de semana violento. Três assassinatos, um feminicídio na sexta e dois homicídios no sábado, assustaram os moradores do município. Além disso, ocorrências de tráfico de drogas e roubos também foram registrados. 

Mesmo com as graves ocorrências, o 23º Batalhão da Polícia Militar (23º BPM) garante que o índice de crimes violentos têm sido reduzidos Antes dos registros, a assessoria de comunicação da Prefeitura publicou informações afirmando que as incidências de crimes deste tipo caíram 23,3% no primeiro semestre de 2021 em comparação ao ano anterior. Os índices de agosto foram os menores desde 2011, coforme os dados.

Feminicídio

As ocorrências violentas no fim de semana começaram na última sexta, 10, quando uma mulher de 49 anos foi vítima de feminicídio no bairro Elizabeth Nogueira. Conforme informações de moradores, ela foi assassinada dentro de casa pelo próprio companheiro de 61 anos.

Informações extraoficiais de moradores também indicam que a mulher teria sido empurrada dentro do banheiro. Ela se desequilibrou, caiu e bateu a cabeça no vaso sanitário. A mulher também teria solicitado a separação, mas o companheiro não aceitou e a ameaçava constantemente.

Homicídios

Os assassinatos da noite de sábado começaram por volta de 19h26, quando um homem sem idade identificada foi encontrado morto na rua Carmo da Mata, no bairro Interlagos. Pouco tempo depois, às 20h50, outro de 26 anos também foi assassinado, desta vez na rua Orozimbo Martin, no bairro Quintino. Conforme o Samu, a vítima apresentava cinco ferimentos na cabeça e no tórax.

Roubo

A apreensão de um adolescente de apenas 16 anos também marcou o fim de semana. Conforme a PM, ele foi detido em sua casa, no bairro Campina Verde, após roubar uma padaria no bairro Tietê.

— A vítima relatou que o jovem anunciou o assalto com uma faca e subtraiu o dinheiro do caixa. Na posse das características do adolescente e mediante análise das câmeras de vigilância do local, os militares o identificaram e deslocaram até sua casa, no bairro Campina Verde — afirmou a PM em nota divulgada.

No local, os policiais encontraram a arma utilizada no crime e o dinheiro que foi levado do caixa. Além disso, uma segunda pessoa, vítima de um roubo no último dia 3, também reconheceu o suspeito como possível autor da ocorrência.

Tráfico de drogas

No dia seguinte, sábado, 11, a Polícia Militar também realizou a prisão de um jovem de 19 anos suspeito de tráfico de drogas. Segundo informações da corporação, ele foi detido com cinco quilos de maconha no Centro da cidade.

O órgão também informou que o suspeito foi localizado após denúncia anônima. A mãe do jovem autorizou a entrada dos militares no local na residência e, durante as buscas, os militares encontraram uma barra de maconha, um tablete e um cigarro da droga. Outras cinco barras e dois tabletes de maconha, que estavam escondidos próximos à linha férrea, também foram encontrados.

Ainda conforme a PM, o suspeito já possui passagens na polícia e havia deixado uma prisão de Betim há alguns dias. 

Polícia Militar

O Agora entrou em contato com o 23º Batalhão da Polícia Militar (23º BPM) para falar sobre a incidência de crimes violentos no município. A assessoria de comunicação do órgão forneceu um comparativo dos índices nos meses de 2021 em relação ao ano anterior.

  • jan/20 - jan21 - redução de 50,57%;
  • fev/20 - fev/21 - redução de 42,85%;
  • mar/20 - mar/21 - redução de 3,84%;
  • abr/20 - abr/21 - aumento de 1,92%;
  • mai/20 - mai/21 - redução de 26%;
  • jun/20 - jun/21 - aumento de 19,44%;
  • jul/20 - jul/21 - redução de 28,57%;
  • ago/20 - ago/21 - redução de 17,24%;
  • acumulado dos primeiros 8 meses - redução de 23,44%.

Comandante

O comandante do 23º BPM, tenente-coronel Erlando Ferreira da Silva, também se pronunciou.

— Quantos aos crimes que ocorrem, há o acompanhamento de perto dos suspeitos e a adoção de estratégias de inteligência policial para que se neutralize ações futuras, e efetivação de ações  integradas com os demais órgãos de defesa social, como Poder Judiciário, Ministério Público, Polícia Civil e Penal, o que tem impactado sobremaneira nos resultados objetivos de reposta à prática criminosa — afirmou.

Ele também deu detalhes sobre as ações que são realizadas para evitar os crimes violentos no município.

— Rotineiramente estão sendo desencadeadas operações com o emprego maciço do efetivo do 23º BPM, incluindo de militares da administração, bem como de militares de outras corporações, como reforço ao efetivo empregado ordinariamente Há também o emprego sistemático das Aeronaves do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo em Divinópolis, o que reforça a logística do policiamento e aumenta significativamente o potencial de prevenção criminal — explicou.

Legenda: Mesmo com os assassinatos, PM garante que crimes violentos caíram (Foto: PM/Divulgação)

Comentários
×