Trabalhadores de serviços de saúde serão vacinados neste sábado em Divinópolis

Da Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) realizará mais uma etapa da vacinação de trabalhadores dos serviços de saúde contra a covid-19, que já fizeram cadastro e estão na lista de espera. A vacinação acontecerá neste sábado, 27 e, para este público, 900 doses serão disponibilizadas, conforme a ordem de inscrição.

— Não é necessário que estas pessoas façam um novo cadastro. Para a pessoa que já está cadastrada como trabalhadora dos serviços de saúde e quer saber se está entre os que serão imunizados nesta etapa é só entrar no site da Prefeitura de Divinópolis nesta sexta-feira, 26, a partir de 10h — informou a Prefeitura.

Será disponibilizada, no site da Prefeitura, uma lista com o número do protocolo e com os seis primeiros dígitos do CPF.  Ao fazer a consulta, o comprovante pode ser impresso. Nele, é possível ter conhecimento se foi convocado e a hora que deverá dirigir-se ao Centro Administrativo para ser imunizado, no sistema de drive thru.

Etapas da vacinação dos profissionais de serviços de saúde

Na prioridade 1 da vacinação dos trabalhadores fora da linha de frente foram vacinados: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares. Também fizeram parte desta etapa os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços direto de assistência à saúde.

Na prioridade 2 estão sendo vacinados os trabalhadores que ficaram na lista de espera, que tem as seguintes profissões: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, profissionais da vigilância em saúde e os trabalhadores de apoio em estabelecimentos de saúde (como por exemplo: recepcionistas, seguranças, equipe de limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros), doulas/parteiras, funcionários do sistema funerário, acadêmicos e estudantes de saúde em estágio hospitalar.

Na prioridade 3, segundo a Prefeitura, serão vacinados, os trabalhadores dos demais estabelecimentos de serviços de interesse à saúde, como biólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, veterinários (e seus respectivos técnicos e auxiliares), profissionais de academias de ginástica, clubes, salão de beleza, clínica de estética, óticas, estúdios de tatuagem e estabelecimentos de saúde animal, que estão na lista de espera e que foram excluídos recentemente, pelo Ministério da Saúde, do grupo prioritário.

Comentários
×