TJMG acelera processos criminais por gravação de audiências

Da Redação

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) começa, a partir da próxima segunda-feira, 29, a expansão do projeto de implantação de solução informatizada para gravação de audiências. O recurso tecnológico grava áudio e vídeo das audiências judiciais. Assim, as declarações, em vez de serem ditadas pelo magistrado ao escrevente, são gravadas em audiovisual digital, acelerando a tomada de depoimentos e possibilitando maior número de audiências por dia. 

Desde 2015 o sistema funciona em 25 unidades judiciais, nas comarcas de Belo Horizonte, Contagem, Conselheiro Lafaiete, Ribeirão das Neves e Vespasiano. Na segunda-feira, a implantação será estendida às unidades de competência criminal de Belo Horizonte que ainda não têm o sistema. 

Segundo o juiz auxiliar da presidência do TJMG, Thiago Colnago Cabral, a região foi escolhida por concentrar as varas com maior quantidade de processos criminais. Os trabalhos têm também  o objetivo de facultar a avaliação e o monitoramento da infraestrutura tecnológica, que deverá ser levada, na fase seguinte, para o interior.

 
Comentários
×