Tétrico

No dicionário está claro: “Fúnebre; excessivamente triste: guerra tétrica. Horrível; que provoca medo, pavor e horror. Carrancudo; exageradamente sério; de aparência austera. Rígido; que se expressa de modo severo; que demonstra rigidez ou inflexibilidade”. Foi devastadora a discussão entre os ministros Gilmar Mendes e Luiz Roberto Barroso, na reunião de quinta-feira, quando a presidente da Corte Suprema teve que intervir várias vezes, quase implorando para que os dois ministros parassem com a discussão e voltassem ao tem em debate. Na verdade pareciam dois adolescentes querendo se mostrar para as meninas da escola. 

Faça o que eu digo... 

...e não o que faço. Esta expressão nem é boa para mostrar o tamanho do desengano cometido pelos dois marmanjos do Supremo Tribunal Federal. Hoje, os brasileiros sabem os nomes de todos os ministros do STF, mais em razão das bobagens que fazem, do partidarismo político, das possibilidades de propinas para determinadas decisões, do que propriamente pelo conhecimento de cada um. Mais calmo, em uma aula na Faculdade de Direito ontem pela manhã, Barroso saiu com esta: “— Vocês ainda vão ter filhos. Eles nunca nos escutam. Então, sigam meus bons exemplos, mas não os maus. A exaltação não é a melhor forma de se expressar. (todos os alunos riram). Às vezes a gente levanta o tom da voz, mas essa não é a melhor forma de viver a vida. Mesmo que às vezes seja necessário, às vezes podemos passar da linha. Não que eu tenha passado. Mas quase”. 

Ele jura que... 

...não, mas passou sim dos limites da boa educação e do respeito. Os dois ministros erraram feio, e caíram ainda mais no descrédito público. 

Índices mortais 

Tristes, mas reais. Este ano Divinópolis pode aparecer no rol das principais cidades onde os crimes aumentaram de forma assustadora. No ano passado, as polícias contabilizaram 44 homicídios, enquanto neste ano o número já chegou a 51. E olha que ainda faltam mais de 60 dias para o ano terminar. 

E por falar em... 

...atendimentos, o São João de Deus vem aparecendo na mídia como “fora de perigo”, pois se encontra em uma certa linha de conforto. A nova diretora Elis Regina Guimarães, mostrou a competência que se esperava dela e colocou a casa em ordem. Os seus antecessores, considerados competentes, somente fizeram com que as dívidas aumentassem. A notícia de que o estado irá liberar R$ 21 milhões até o final do ano que vem é muito boa, pois cria uma nova expectativa dentro do hospital aumentando a confiança entre todos que lá trabalham. 

Top of Mind 

Este ano, sob a responsabilidade deste Diário, e com a colaboração direta da TV Alterosa, a festa ganhou uma nova feição. Os eleitos receberão os diplomas de mérito antes da festa que será realizada no Espaço Da Vinci no dia 20 de dezembro. Como destacado por várias vezes, a eleição deste ano foi feita através dos internautas, após mais de três meses de pesquisas realizadas pelo departamento de marketing do Agora. Submetidos aos internautas, os ganhadores receberam mais de 13 mil votos e as porcentagens fornecem o número exato de quantos votos obteve cada empresa. Um sucesso garantido pelo Grupo do JA! 

 

Comentários
×