Testagem de trabalhadores rodoviários confirma três novos casos de covid-19

 

 

Da Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) realizaram 100 testes rápidos do novo coronavírus. Os exames foram aplicados em trabalhadores do setor de transporte rodoviário de cargas e passageiros. Entre todas as cem amostras, três testaram positivas para a covid-19.

Segundo o coordenador de Transporte do Sistema de Saúde, Marcos Rodrigues, a aplicação dos testes é fundamental para garantir a saúde de todos.

— Os funcionários que tiveram seus exames positivos para a doença receberam todas as orientações necessárias para se cuidarem de maneira efetiva, além de garantir a segurança das pessoas a sua volta. Agradecemos o esforço da Prefeitura e do Sest/Senat em combater a presença do coronavírus na cidade — ressaltou.

Luiz Eduardo Silva, técnico do Sest/Senat, explicou que as pessoas que tiveram resultado positivo foram orientadas e comunicadas à Secretaria de Saúde.

— Seguimos protocolos do Ministério da Saúde e pedimos que fiquem em quarentena e atentos aos sintomas. A Secretaria de Saúde também já foi contactada — explica.

Realização dos teste

O serviço foi efetivado com a presença de um enfermeiro e três técnicos. A aplicação dos testes foi realizada na unidade Sest/Senat. A Semusa convocou todos os caminhoneiros, motoristas e cobradores que fazem parte do transporte rodoviário coletivo de passageiros para a realização do exame rápido.

O Sest/Senat forneceu os materiais necessários e os funcionários capacitados para a aplicação.

Os exames são classificados como “IgG” e “Igm” e possuem a função de medir a quantidade de anticorpos criados pelos sistema de defesa do organismo através de um cartão de teste.

Comentários
×