Tesouro Nacional libera R$ 40 milhões para Divinópolis

Da Redação

Divinópolis completa nesta segunda-feira, 1°, 105 anos de história. Com quatro mandatos e atual prefeito da cidade, Galileu Machado (MDB) se pronunciou sobre a data através das redes sociais da Prefeitura. No vídeo, ele fala sobre a busca dos líderes divinopolitanos na busca pelo progresso e cita ainda algumas de suas realizações, como a construção de escolas e postos de saúde. Segundo Galileu, este é um dos momentos mais complicados vividos pelo município.

— Esse atual mandato pode ser considerado um dos mais difíceis da história, não apenas de Divinópolis, mas de todos os municípios mineiros. Assumi a Prefeitua com um valor grande de restos a pagar, o que inviabilizou os investimentos e obras do primeiro ano de governo — afimou.

O prefeito também cita que, logo após assumir, o governo estadual passou a reter os repasses aos municípios - ainda não pagos integralmente. Para piorar a situação, a pandemia causada pelo novo coronavírus (covid-19) forçou a adoção de medidas de prevenção, como o isolamento social e o fechamento do comércio, reduzindo a arrecadação da cidade.

Galileu, no entanto, declara que o governo federal autorizou o empréstimo de R$ 40 milhões solicitado pela Administração. 

— Mas isso não nos impedirá de seguir trabalhando. Neste aniversário de Divinópolis queremos dividir com a população notícias animadoras. Quis o destino que só agora fossem liberados os recursos para obras improtantes que serão realizadas ainda neste ano. O Tesouro Nacional está liberando os R$ 40 milhões que serão investidos no recapeamento e asfaltamento das linhas de ônibus. Também iremos iniciar em breve o emcabeçamento do viaduto da Ferradura, o primeiro passo para completar o nosso anel rodoviário, que será finalizado com o projeto que já estamos licitando da Ponte da Integração, que ligará o aeroporto a BR-494, passando pelo Rio Itapecerica, próximo do bairro Quinta das Palmeiras — detalhou.

Por fim, ele prometeu também a instalação de rede de esgoto e pavimentação em outros bairros e a entrega dos apartamentos do Alto do São Vicente.

 

Comentários
×