Terezinha Fonseca lança oitavo livro

 

Jorge Guimarães

Terezinha Fonseca, natural de São Gonçalo do Pará, terá noite de autógrafos no próximo dia 28, às 19h30, na faculdade Una. A escritora vai lançar seu oitavo livro independente, ilustrado por Iara Rachid, que contém quatro histórias: A menina que não falava 20, Papinho d´água Doce, A merendeira Amarela e Conto Continho. Terezinha mescla na obra seres fantásticos e humanos de maneira inventiva, dialogando diretamente com o imaginário infantis. Para este livro, o que ela mais deseja é que as crianças participem de uma verdadeira brincadeira.  

Escritora

Terezinha Fonseca passou a infância entre muito verde e brincadeiras com objetos recriados. Estreou como escritora em 1985, publicando o livro “A menina que não falava o 20”. Em todas as suas obras, conserva sua fantasia, para Terezinha “uma colher pode virar uma varinha, o garfo pode ser um bicho de dentes agudos, a máquina de lavar um monstro comedor de roupas e a geladeira, a tia que chega de viagens com surpresas gostosas”.

— Sempre processando, entre palavras está minha vida e nelas, é claro, as crianças, nosso bem maior. As crianças têm sabedoria e eu pego carona com elas. Elas querem brincar e eu também. Brinco com as palavras e nelas as histórias que aprendo com essa gente pequena.  A elas devo minha alegria e esse entusiasmo pela vida. Nesse novo livro, apresento quatro histórias. Quatro  "papinhos" doces, tudo muito gostoso como deve ser. Então, gente grande e pequena, espero por vocês na Una. Vamos nos divertir com contação de histórias, uma roda de conversa, e outras surpresas — descreve e convida Terezinha Fonseca.

Profissional

A ilustradora Iara Rachid mora em Belo Horizonte, onde estuda cinema de animação e artes digitais na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Começou sua jornada de ilustração em 2015, com o livro “O Pente Penteia”, e soube, desde então, que havia descoberto uma paixão. Depois disso, desembolou com a “Bilô”, floriu com “Geraldinho” e brilhou com “A Estrelinha que virou gente”, livro em que estreou sua parceira com Terezinha Fonseca.

 

Comentários
×