Tenente do Exército tem 18% do corpo queimado

Oficial se feriu quando fazia vistoria em uma fábrica de fogos e foi transferido para o Hospital João XXIII

Bruno Davi Bueno

Um tenente do Exército ficou gravemente ferido após sofrer queimaduras graves ontem, 24, em Santo Antônio do Monte. Segundo informações, o  oficial fazia vistoria em uma fábrica de fogos de artifício, por volta das 11h30, e se acidentou, queimando aproximadamente 18% do corpo.

Mobilização

A vítima deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento do Município por volta do meio dia, com queimaduras de 1º e 2º graus na face, sem comprometer vias aéreas, e de terceiro grau nas mãos. Porém, houve a necessidade uma transferência d para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, especializado em queimaduras em Minas Gerais. Os serviços de saúde da região Centro-Oeste se mobilizaram para realizar a ação da melhor maneira possível.

O Samu foi chamado por volta de 15h38 para apoiar o Batalhão de Operações Aéreas (BOA) na transferência. O tenente, de 41 anos, estava consciente e estável e por volta das 16h40 o helicóptero Arcanjo 04 levou o que paciente que já estava estabilizado.

Recorrente

Os acidentes relacionados a fogos de artifício em Samonte são recorrentes. Segundo pesquisa realizada em 2017 pelo Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Fogos de Santo Antônio do Monte, Sindifogos, entre 1999 e 2015, 17 pessoas morreram e 85 ficaram feridas em acidentes envolvendo pirotécnicos.

Segundo o Sindicato das Indústrias de Explosivos de Minas Gerais, Sindiemg, as fiscalizações nas fábricas também são recorrentes.

– Bombeiros, equipes do Exército, Ministério do Trabalho fiscalizam as fábricas constantemente. Infelizmente os acidentes são uma fatalidade – disse o coordenador em entrevista divulgada juntamente com a pesquisa.

 

Comentários
×