Teatro Gravatá comemora 12 anos

Da Redação 

O Teatro Municipal Usina do Gravatá completa 12 anos neste sábado, 29.

Em comemoração à data, uma celebração de culto ecumênico será preparada em pátio do teatro, com a participação de Uirapuru Canto Livre. Depois, haverá apresentação da Banda Municipal de Música. As atrações estão marcadas para começar a partir das 16h.

A antiga Usina do Gravatá abriu as portas como teatro municipal em 29 de junho de 2007. O prédio histórico da Usina de Álcool Motor de Mandioca do Estado de Minas Gerais, primeira da América Latina, foi construído em 1932.

O imóvel funcionou também como depósito para a extinta Companhia Agrícola de Minas Gerais (Camig), quando recebeu nome de Usina Gravatá em homenagem ao primeiro diretor Antônio Gonçalves Gravatá.

Depois de reivindicações de agentes culturais da cidade, o prédio foi tombado pelo município e tornou-se patrimônio histórico de Divinópolis.

O secretário municipal de Cultura, Gustavo Mendes Martins, ressalta a importância do teatro municipal para Divinópolis.

— O teatro é berço de artistas da cidade. É local que foi desejado e reivindicado durante muito tempo. Tem importância tanto histórica como cultural para o município, porque é espaço onde artistas têm oportunidade de mostrar trabalhos a toda comunidade — destaca Gustavo.

O Teatro Usina do Gravatá recebe atrações locais e do Centro-Oeste. Já foi palco de aclamadas e premiadas apresentações, como Mimulus Cia. de Dança de BH, cantor Vander Lee e companhia de teatro Grupo Galpão.

Comentários
×