Taxa de esgoto deve aumentar em agosto em Divinópolis

Ana Laura Corrêa

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou ao Agora nesta quinta-feira, 12, que está mantido para agosto, que bairros de Divinópolis terão um aumento de 35,65% na taxa de esgoto. O acréscimo será feito em relação ao que já vinha sendo cobrado pelos serviços de abastecimento de água e coleta de esgoto. Isso caso o tratamento inicie inda este mês.

O aumento das tarifas ocorrerá, inicialmente, nos bairros Manoel Valinhas 1 e 2, Doutor José Tomaz, Universitário, Espírito Santo, Halim Souki, São Luiz, São Geraldo, São Lucas, São João de Deus, parte do Jardim Candelária, Dom Cristiano, Fonte Boa, prolongamento do Bom Pastor, parte do Santa Martha, do Jardim das Oliveiras, do Bom Pastor, do Alvorada e do Liberdade.

— A cobrança será feita apenas dos imóveis que, comprovadamente, tiverem seu esgoto transportado e levado para a ETE — informou a companhia ao Agora.

Polêmica

A cobrança da taxa de Esgoto Dinâmico com Coleta (EDC) pela Copasa teve início em 2013 e representou um aumento de aproximadamente 45% nas contas de água dos divinopolitanos.

Em 12 de junho, no entanto, os vereadores aprovaram o Projeto de Decreto do Legislativo 002/2018, que suspendia os efeitos do Decreto 9.969/2011, que regulamenta a cobrança de taxa EDC feita pela Copasa.

A companhia, no entanto, afirmou, em 14 de junho, que o decreto não anularia a cobrança da taxa. Na época, a Copasa alegou que a tributação é prevista em uma lei federal, superior às decisões municipais.

ETE

De acordo com a Copasa, a obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da bacia do rio Itapecerica já tem cerca de 50% dos trabalhos concluídos.

Ainda segundo a companhia, neste mês terá início a operação parcial do empreendimento. A previsão é de que a obra esteja totalmente concluída em dezembro deste ano.

Comentários
×