Suspeito de feminicídio no RJ é preso em Itaúna

Da Redação

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em apoio à Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, cumpriu mandado de prisão contra um empresário, de 67 anos, suspeito de matar a ex-esposa, de 55, na cidade de Campos dos Goytacazes (RJ). O homem foi localizado em Itaúna, na última sexta-feira, 23.

O feminicídio ocorreu no dia 15 de setembro deste ano e causou grande repercussão na cidade. Câmeras de segurança registraram o suspeito chegando à casa da mulher, atirando contra ela e saindo do local calmamente.

A motivação do crime, conforme investigação, seria o ciúme da relação dos filhos com a mãe, bem como o pagamento de dívida de pensão alimentícia, que o suspeito devia à vítima há anos. O investigado, ligado ao setor gastronômico em Guarapari, estava escondido em um sítio de parentes, na zona rural de Itaúna.

Policiais civis lotados no Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), por meio da equipe da 2ª Delegacia Especializada e Investigação e Repressão ao Furto e Roubo, em conjunto com policiais civis de Itaúna, efetuaram a prisão do suspeito. Em seguida, o indivíduo foi transferido para o Rio de Janeiro.

Comentários
×