Suspeito de estupro de vulnerável é preso em Carmo do Cajuru

Da Redação

 

A Polícia Civil de Carmo do Cajuru prendeu nesta sexta-feira, 17, um suspeito, de 35 anos, por estupro de vulnerável.

Investigações mostraram que a vítima, de 15 anos, vinha sendo abusada sexualmente pelo seu padrasto há pelo menos seis anos.

As apurações iniciais apontavam que o padrasto da vítima mantinha relacionamento amoroso com a mãe dela há aproximadamente sete anos e, quando a criança tinha apenas nove anos de idade, aproveitava-se de viagens de trabalho de sua companheira para abusar da vítima.

No decorrer da investigação, o suspeito demonstrou estar temoroso com os fatos terem sido relatados a Polícia e demonstrou intuito de fugir, razão pela qual a Polícia Civil representou por sua prisão e a medida fora prontamente concedida.


Segundo o delegado Weslley Amaral de Castro, as investigações persistirão para a coleta de mais provas materiais e verificação de possíveis outras vítimas.


O investigado foi encaminhado ao Presídio Floramar, em Divinópolis, e ao final, caso seja condenado, pode ter uma pena superior a 20 anos.

Comentários
×