Supermercados faturam

 

Pablo Santos

O faturamento dos supermercados mineiros avançou quase 2% no primeiro bimestre de 2019. A conclusão é do Termômetro de Vendas, pesquisa mensal da Associação Mineira de Supermercados (Amis). O levantamento é realizado com empresas de todos os portes em todo o Estado.

De acordo com os dados da Amis, as vendas cresceram 1,99% nos primeiros meses de 2019, quando se compara com o mesmo período de 2018. A amostragem também traz outra comparação: em fevereiro deste ano, contra o mesmo mês de 2018, o acréscimo nas vendas foi de 1,13%.

Em contrapartida, em relação a janeiro, o resultado ficou negativo em 2,84%. Nesta base de comparação, os supermercados do Centro-Oeste de Minas registraram queda de 3,11%. A região do Rio Doce assinalou a maior queda 3,26%, acompanhada do Sul (3,16%).

Já a região com a menor queda em fevereiro no comparativo com janeiro foi a Central, com declínio nas vendas de 2,64%, seguida da Zona da Mata (-2,68%) e Norte (-3,04%).

— A justificativa para o resultado negativo em fevereiro comparado com janeiro, segundo os empresários pesquisados, é o efeito do calendário, já que foram três dias a menos de vendas — afirmou a nota enviada pela Amis.

Contas

Outro ponto apontado pelos pesquisadores foi que fevereiro é o mês em que chegam as contas do período de férias e o consumidor fica com a maior parte da renda comprometida.   

Ainda de acordo com os pesquisadores, a taxa de desemprego (12,4%), que voltou a subir no último trimestre (dezembro a fevereiro), e a taxa de subutilização (24,6%) da mão de obra, que é a maior desde 2012, início da série histórica, também contribuíram para o resultado negativo.

Brasil

Os supermercados brasileiros acumularam, até fevereiro, 2,51% de crescimento real nas vendas, na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com o Índice Nacional de Vendas da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Apesar da leve queda em relação a janeiro, o resultado acumulado do bimestre é o melhor registrado nos últimos cinco anos.

Em fevereiro, as vendas do setor supermercadista em valores reais apresentaram queda de -5,12% na comparação com o mês de janeiro e alta de 2,05% em relação ao mesmo mês de 2018.

 

Comentários
×