Supermercadistas registram crescimento

Pablo Santos

Os supermercadistas mineiros caminham para fechar 2017 em alta. O ambiente econômico melhor é o principal trunfo do setor para manter o crescimento neste ano. De janeiro a novembro, o setor registrou alta de 2,31% e foi o melhor desempenho deste ano. No entanto, comparando outubro com novembro, o segmento registrou uma leve queda.

De acordo com os dados do Termômetro de Vendas, pesquisa mensal realizada pela Associação Mineira de Supermercados (Amis), com empresas de todo o estado, o faturamento em novembro deste ano em comparação com o mesmo período de 2016 também avançou. O setor registrou crescimento de 4,02% em números já deflacionados pelo IPCA/IBGE.

Conforme mostra a pesquisa da Amis, o crescimento sobre o ano passado é atribuído à base baixa de comparação do ano passado, quando o segmento registrou leve recuo de 0,06%. Já a Black Friday também contribuiu neste ano para o desempenho melhor frente ao exercício anterior. Ainda segundo a Amis, o ambiente econômico também foi primordial para o crescimento das vendas de novembro.

No acumulado do ano, o indicador voltou a crescer. Em setembro, estava em 2,16% e, em outubro, passou para 2,14%. Com as vendas de novembro, foi registrado o melhor desempenho no acumulado do ano: 2,31%, apontou a Amis.

Declínio

Apesar dos números positivos, em novembro contra outubro deste ano, houve queda de 0,35%. De acordo com a Amis, a retração é explicada por alguns fatores. Novembro tem 30 dias; e outubro, 31. São cinco domingos em outubro contra quatro em novembro, além da deflação ainda mais acentuada dos alimentos, segundo IBGE – a menor para o mês desde 1998.

No Centro-Oeste, os supermercadistas registraram queda de 0,16% em novembro contra o mês anterior. Já a maior queda foi no Triângulo Mineiro, 1,69%, acompanhado do Rio Doce 1,13%. A Região Norte (-0,53%), Central (-0,24%) e a Zona da Mata (-0,02) também tiveram declínio. A única região com alta foi o Sul, com ligeiro acréscimo de 0,02%.

 

Comentários
×