Supermercadistas perdem fôlego no trimestre

 

Jorge Guimarães e Pablo Santos

Números da pesquisa do Termômetro de Vendas, pesquisa mensal da Associação Mineira de Supermercados (Amis), aponta desaceleração no faturamento. Conforme os dados, o crescimento no trimestre ficou abaixo dos quase 3% de alta do primeiro mês de 2019.  

As vendas nos estabelecimentos mineiros tiveram crescimento de 1,74% nos primeiros três meses deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. A pesquisa é realizada com empresas de todos os portes em todo o Estado e os dados estão deflacionados pelo IPCA/IBGE.

Em janeiro, o crescimento estava em 2,84% e, no bimestre, passou para 1,99%. Já no acumulado do ano, o índice ficou em 1,74% de crescimento.

Em março, o setor em Minas Gerais apontou crescimento de 11,10% no confronto com fevereiro, mas não foi suficiente para manter o faturamento acelerado.

— O crescimento mais forte em março não contribuiu para elevar o resultado acumulado do trimestre.  Mas, uma das justificativas é que no ano passado, a Páscoa, segunda melhor sazonalidade para o setor, se deu durante o primeiro trimestre e, neste ano, ocorreu em abril — destacou a nota da Amis. 

Ainda de acordo com a Amis, o forte crescimento em março sobre fevereiro é atribuído a vários fatores, todos ligados ao calendário, como 31 dias em março contra 28 em fevereiro. Além de cinco finais de semanas “cheios”, com cinco sábados e cinco domingos, contra quatro no mês anterior.

Conforme a Amis, em relação ao mesmo mês do ano anterior, março de 2019 sobre março de 2018, o crescimento foi de 1,27%.

Regiões

Na comparação de região fevereiro para março, a região Central de Minas foi o setor com maior crescimento: 11,47%. Na sequência aparece, Triângulo Mineiro com 11,24% e Zona da Mata (11%). Entre as regiões com maior alta está o Sul (10,75%), Centro-Oeste (10,48%), Rio Doce (10,12%) e o Norte (9,63%).

Troféu

Empresas fornecedoras de 23 categorias de produtos estão na reta final do Troféu Gente Nossa 2019 – Etapa Fornecedor. Em cada categoria, são três finalistas. Uma delas foi a mais votada pelos supermercadistas associados da Amis de todo o Estado, mas, somente no dia 20 de maio, às 19h30, em Belo Horizonte, será conhecida.

Conforme regulamento, apenas no dia do evento será revelado o nome da empresa que receberá o prêmio de 1º lugar em cada categoria. O resultado da votação fica registrado em envelope lacrado, de posse da empresa de auditoria Pedrosa & Auditores Associados, e só é tornado público no momento da entrega. E a empresa divinopolitana Codil é uma das três finalistas na classe de cereais (arroz, feijão e farináceos).

 

Comentários
×