Superávit da balança comercial avança 90%

Pablo Santos

O saldo da balança comercial de Divinópolis cresceu 90% no ano passado no confronto com o exercício anterior. O desempenho positivo é creditado a alavancada das exportações de 87% em 2017. O superávit foi o terceiro melhor da história, de acordo com os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).
O superávit da comercial é quando as cifras referentes à exportação são maiores do que as relativas à importação de bens e serviços. No ano passado, a saída de produtos divinopolitanos para o exterior somou US$ 193 milhões e a entrada de mercadorias estrangeiras US$ 24,9 milhões, ou seja, a balança comercial da cidade ficou com saldo positivo de US$ 168 milhões em 2017.

Conforme os dados da Secex, o saldo é o terceiro melhor na série histórica disponível. O maior superávit foi alcançado em 2008 com US$ 302 milhões e, na sequência, foi 2005 chegando a US$ 2015 milhões.
Com os US$ 168 milhões deste de 2017, o superávit apresentou um crescimento considerável em comparação a 2016, quando o fechou com saldo positivo de US$ 88,4 milhões, ou seja, se comparar os dois períodos o crescimento foi de 90,95%, apontou a Secex.

Brasil

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 67 bilhões em 2017. De acordo com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), trata-se do melhor resultado para um ano fechado desde o início da série histórica do ministério, em 1989, ou seja, em 29 anos.
No ano anterior, em 2016, a balança também registrou superávit, mas menor: US$ 47,68 bilhões. Esse valor representava o recorde histórico até então.

— As exportações cresceram [em 2017] após cinco anos. É algo realmente de se ressaltar. O aumento de 18,5% mostra esse crescimento extraordinário. Em valores absolutos, tivemos um crescimento de US$ 32,5 bilhões. Desempenho decorrente tanto do crescimento do volume de exportações quanto do preço. Já as importações tiveram seu primeiro crescimento após três anos — afirmou o ministro da Indústria, Marcos Pereira.

 

Comentários
×