SRE Divinópolis recebe Moção Congratulatória

 

Da Redação

A Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Divinópolis foi homenageada na pessoa da superintendente, Luíza Amélia Coimbra, que recebeu nesta quinta-feira, 27, Moção Congratulatória da Câmara Municipal de Divinópolis, por iniciativa do vereador Josafá Anderson de Oliveira. 

— Esse gesto de reconhecimento vem ressaltar o grande empenho que a gestora Luíza tem demonstrado no sentido de dar ênfase os projetos das nossas escolas, apresentando à comunidade o que as nossas unidades de ensino têm de melhor. A própria Superintendência tem se apresentado como uma instituição mais ativa, dinâmica e aberta a parcerias que favoreçam a melhoria educacional — destacou o vereador Josafá. 

A entrega da Moção Congratulatória contou com a presença de diretores escolares, servidores da SRE, secretários municipais de Educação e prefeitos de várias cidades da jurisdição. O congraçamento oportunizado pelo evento favoreceu a troca de experiências e a discussão de possibilidades de novas alianças em favor da educação regional.

— Sinto-me lisonjeada pela homenagem e a recebo como reconhecimento do trabalho de equipes muito comprometidas, que têm buscado fazer o melhor pelo ensino no Centro-Oeste mineiro. Cada uma das 130 escolas estaduais da Regional recebe comigo essa Moção e a  toma como incentivo para continuar buscando melhores resultados de aprendizagem — afirmou a superintendente. 

Luíza Amélia é servidora de carreira da SRE Divinópolis, com trajetória de quase 25 anos na área educacional. Foi secretária municipal de educação de Córrego Danta entre 2007 e 2010, período em que a cidade alcançou o quinto maior Ideb municipal do país. Recebeu a Medalha da Inconfidência por seus serviços prestados à educação. Atuou na Diretoria de Pessoal, na Assessoria de Gabinete e como supervisora de finanças da Diretoria Administrativa Financeira da SRE Divinópolis. Foi nomeada superintendente regional de ensino em 25 de julho de 2019, após processo seletivo do Programa Transforma Minas. 

Comentários
×