Sonho de bi é real

Batendo Bola

 

José Carlos de Oliveira - Sonho de bi é real

 

Nunca a massa alvinegra teve tantos bons motivos para acreditar no tão sonhado bi do Campeonato Brasileiro, pois em campo o time milionário ‒ montado com o suporte financeiro de seus torcedores ‒ vem cumprindo à risca tudo que se espera dele, e hoje já é o líder do campeonato, com 42 pontos conquistados, sete a mais do que o segundo colocado, o Palmeiras. 

Campeão do primeiro Campeonato Brasileiro da história, em 1971, numa final contra o Botafogo, o Galo segue perseguindo o bicampeonato há algumas décadas, mas deixando para o “ano que vem”, numa triste sina de seu fanático e fiel torcedor.

 

Revivendo os anos 80

 

Com o Palmeiras, outro candidato ao título deste ano, caindo pela tabela, tudo leva a crer que o Brasileirão deste ano será mesmo uma briga toda particular – rodada a rodada – entre o Galo mineiro e o seu arquirrival carioca, o Flamengo, que atualmente é o terceiro colocado na tabela, com 34 pontos, oito atrás do alvinegro, mas tendo dois jogos a mais para fazer ‒ o que, na prática (nos pontos perdidos), faz a diferença cair para apenas um pontinho.

 

Filme antigo

 

Os mais novos não se lembram, apenas ouviram falar, mas a massa alvinegra tem o rubro-negro carioca entalado na garganta desde os anos 80, quando os dois clubes tinham as melhores equipes do Brasil, mas, na hora de a onça beber água, em momentos de decisão, sempre dava Urubu na cabeça, com Toninho Cerezo, Reinaldo e companhia pouco podendo fazer contra o todo-poderoso Flamengo de Raul, Zico, Júnior e Nunes.

 

Foto: Divulgação/Chris Ricco/Fifa

 

Show de Ferrão na estreia – A Seleção Brasileira de Futsal estreou com goleada no Mundial da Lituânia. Com show de bola e quatro gols de seu artilheiro Ferrão (foto), eleito o melhor jogador do mundo em 2019 e 2020, o Brasil passou por cima da seleção do Vietnã, com goleada por 9 tentos a 1, e assumiu, no saldo de gols, a liderança do grupo D da competição ‒ que tem, além de Brasil e Vietnã, as seleções da República Tcheca e do Panamá. Os outros gols da goleada do Brasil na tarde de ontem foram marcados por Rodrigo, Dieguinho (duas vezes), Leozinho e Pito. A seleção volta à quadra na quarta-feira, às 14h, contra a República Tcheca, e fecha sua participação na fase de grupos no Mundial de Futsal no domingo, às 10h, quando enfrenta a seleção do Panamá. 

Comentários
×