Site acelera localização de carros roubados

Da Redação

Denunciar um roubou de veículo está mais fácil em Divinópolis e em todo país. Em dezembro, a ferramenta “Sinal” completou um ano de funcionamento. Por meio dela, o cidadão divinopolitano informa os dados do veículo, que serão enviados para o sistema da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Todos os policiais dentro de um raio de 100 quilômetros do local da ocorrência recebem a notificação e ficam em alerta.

Com funciona?

Através de um celular conectado a internet ou similar, o usuário pode relatar o roubo, furto, sequestro ou clonagem de um veículo. Basta acessar o site da PRF e clicar no ícone “Sinal” ou entrar diretamente pelo www.prf.gov.br/sinal. Na página, o denunciante precisa preencher um formulário fornecendo informações pessoais, do veículo (placa e modelo, ou chassi) e da ocorrência em si.

— Ao concluir o preenchimento do formulário, o registro automaticamente será reportado aos policias nas consultas dos sistemas da PRF. Além disso, uma mensagem do tipo "pop-up" será encaminhada para os telefones funcionais de todos os policiais que estejam em serviço operacional próximo ao local da ocorrência — informou na época a PRF.

Eficiência

Comprovadamente, as chances de recuperar o veículo roubado são maiores durante as primeiras horas, por isso a agilidade proporcionada pelo sistema é fundamental na eficiência.

—O Sistema Sinal supre uma importante necessidade, pois disponibiliza aos policiais rodoviários federais em todo o país, imediatamente após o registro, informações de ocorrências de furto/roubo de veículos, tornando-se uma eficiente ferramenta no combate a esse tipo de crime — destaca a página inicial do “Sinal”.

Cuidado

Os motoristas devem ter em mãos os dados do veículo, por isso é importante tê-los anotados em local de fácil acesso, para passar as informações corretas ao sistema. Divulgar informações incorretas apenas atrapalha o trabalho da polícia.

— Os agentes da PRF poderão acessar os dados lançados no Sinal para conferir as informações e, caso necessário, rejeitar a denúncia se for verificado que se trata de falso relato — afirmou o órgão no ano passado.

Objetivo

O principal objetivo é acelerar o processo de disseminação da ocorrência. Com as informações no sistema, os policiais conseguem ficar atento a possíveis veículos suspeitos, identificá-los e realizar a fiscalização.

A ferramenta “Sinal” agiliza a denúncia e possibilita à PRF dos estados a capacidade de interceptar o veículo antes que este fuja, se esconda em locais cobertos ou até mesmo troque de placas. Ainda que o roubo não tenha ocorrido no perímetro rodoviário, o alerta pode ser feito, pois os criminosos têm a possibilidade de usar as rodovias para acessar outras localidades e fugir.

É importante o usuário ter em mente que o registro no “Sinal” não substitui a necessidade de fazer um boletim de ocorrência.

Comentários
×