Sirene não foi acionada durante a madrugada em Brumadinho diz Corpo de Bombeiros

Da Agência Brasil

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais desmentiu na manhã de hoje, 04, a informação de que sirenes teriam sido acionadas pela mineradora Vale na região de Brumadinho, onde a barragem da Mina do Córrego do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro.

A informação circulou nas redes sociais durante a madrugada desta segunda-feira.

—A informação não procede—, destacou a assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, por meio de nota.

—Parece que teve um som, mas não foi proveniente da região afetada pelo rompimento da barragem ou de outra barragem da Vale—, completou. O barulho, segundo o comunicado, teria vindo de uma empresa localizada nos arredores da cidade.

Drone

O Corpo de Bombeiros informou ainda que um homem, operador de um drone foi preso na manhã de hoje.

As equipes que estão atuando na região utilizam um radar capaz de detectar a posição do aparelho e também de quem está operando o drone.

 

Comentários
×