Sintram fiscaliza fornecimento de EPIs aos servidores municipais

Da Redação

O vice-presidente do Sintram, Wellington Silva, e a conselheira Lucilândia Monteiro continuam as visitas a todos os setores da Prefeitura de Divinópolis, para inspecionar o fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos servidores municipais.

— No início da pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Divinópolis deixou de distribuir os equipamentos, o que levou o Sintram a formular uma denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT), que instaurou um inquérito civil ainda em andamento. Logo após a denúncia e o pedido de explicações formulado pelo MPT, a Prefeitura garantiu que o fornecimento dos equipamentos foi normalizado — informou a organização.

Na terça-feira, 22, o Sintram iniciou as visitas para inspecionar se os equipamentos de proteção estão, de fato, chegando aos servidores. Ao fim das visitas, será produzido um relatório que será encaminhado ao Ministério Público do Trabalho. Com base nesse relatório, o MPT indicará quais os próximos passos do inquérito civil.

Até ontem, os diretores do Sintram já realizaram 15 visitas de inspeção. Inicialmente, estão ocorrendo nos setores considerados mais críticos, como Centros de Saúde, Serviço Municipal de Luto e Cemitérios.

— Nesses locais a possibilidade de contágio é maior, motivo pelo qual são priorizados — informou o sindicato.

— As visitas feitas pelos diretores do Sintram nesses tempos de pandemia, além de cumprir sua função de inspecionar a disponibilidade de equipamentos de segurança, também estão servindo para registrar a luta dos servidores municipais para garantir a segurança ao cidadão. Os equipamentos fornecidos pela Prefeitura são proteções individuais para os servidores. Já o cidadão depende das medidas implementadas em cada setor público. Os servidores estão se desdobrando para dar total segurança para quem procura atendimento — acrescentou.

— Fazemos questão de registrar hoje o empenho, a responsabilidade e o compromisso que estamos encontrando nos nossos servidores que estão na linha de frente do sistema de saúde. Nos postos de saúde por onde passamos, encontramos servidores comprometidos em oferecer o melhor ao cidadão, adotando medidas internas simples e eficazes. É claro que muitas medidas dependem da estrutura, que não é a mesma em todos os Centros de Saúde, por exemplo. Algumas são mais adequadas, com mais espaço, mais ventilação e luminosidade. Outras são bastante acanhadas, com estrutura física comprometida e isso exige o comprometimento do servidor. E é isso que estamos encontrando. Servidores comprometidos e lutando bravamente para oferecer o melhor para a população — analisa o vice-presidente do Sintram, Wellington Silva.

Para a conselheira Lucilândia Monteiro, não fosse o valoroso e responsável trabalho dos servidores, a situação poderia ser muito pior.

— Nossos servidores estão fazendo muito mais do que as condições que são oferecidas pela Prefeitura. Nós, do Sindicato, temos um enorme orgulho e gratidão aos nossos servidores, que não estão medindo esforços para garantir um atendimento adequado e com segurança para a população — afirma a conselheira.

Comentários
×