Simpósio

Tema dos mais relevantes foi tratado no I Simpósio do Grupo Oncotórax Instituto Dom Oncologia. “Câncer de Pulmão não pequenas células em 2017: Onde estamos e para onde vamos”.

O importante evento foi realizado no último dia 15, nos domínios do Instituto Inhotim, onde estiveram presentes referências nacionais e internacionais na área, para discutir as melhores estratégias para o controle do  câncer de pulmão  que é um problema de saúde pública em Minas Gerais, pois são diagnosticados 2.100 casos novos ao ano, e a maioria dos pacientes com doença avançada.

Felizmente, com o apoio da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e Grupo Brasileiro de Oncologia Torácica (GBOT), o Instituto Dom Oncologia realizou o seu I Simpósio Oncotórax, contando com a participação de mais de 100 oncologistas, dentre eles, a presidente do GBOT, a oncologista Clarissa Mathias quem ressaltou que a regionalização de eventos cria a força na discussão local multidisciplinar que se traduz em um aumento de excelência no cuidado do paciente.

Segundo a médica Monica Cristina Toledo Pereira foi uma grande honra coordenar um evento de tão alto nível técnico-científico sobre o tratamento do Câncer de Pulmão. “Estar do lado de colegas de renome nacional e internacional engrandece a nossa região e o tratamento do câncer em Divinópolis”, finalizou.

Já havendo vencido a doença, sob os cuidados do Grupo Oncotórax Instituto Dom Oncologia, ressalto e registro meus cumprimentos pela feliz iniciativa. 

Confira algumas fotos clicadas por Mateus Dias

 

 

 

Comentários
×