Simples assim

 Welber Skaull

 

Foi bonito de se ver, o Réveillon a acontecer, todos juntos a cantar, comer e beber, com a família, com amigos ou com quem quisesse aparecer. Fogos e muito barulho para valer, muita alegria, mas os estouros têm o lado que veio a entristecer, animais, crianças e doentes que acabaram por sofrer. Tirando isso, foi como era de se prever, a festa de muita gente foi até o amanhecer.

Tiveram promessas e mandingas por todo lado, pular onda, vestir de branco, rosa e até dourado, depende do pedido, esse em segredo, às vezes, bem guardado. Era um sorridente, outro emocionado, difícil mesmo era ver alguém parado. Só que aí eu pergunto, de tudo isso, qual o real significado? Preocupam com o futuro e se esquecem do passado, todo ano parece zerar todo um legado. Uma história, grandes erros ou só um pequeno, tudo ignorado. Como se na vida todo ano nosso caminho fosse zerado.

Claro que não quero a festa estragar, longe de mim, também fui comemorar. O que faço aqui é uma pausa para analisar, que seria melhor se, ao invés de festejar, o ano novo que vai chegar, tivéssemos motivos para nos orgulhar, do ano que está a findar, e fazer uma festa para relembrar de tudo aquilo que chegamos a realizar. Reunir os amigos e familiares e a eles abraçar, como forma de agradecer por ao seu lado ali estar. Sei que parece loucura essa tradição questionar, mas a vida é mutante, está em todo instante a se transformar.

Por isso, agradeço aos amigos que não me negaram um favor, ou aqueles que me transmitiram algum calor, me confortaram com um abraço, e aliviaram, quando necessário, minha dor, aqueles que valeram a companhia com seu bom humor, e por esses que são amigos com louvor, eu comemoro meu ano com carinho gratidão e amor.

E foi assim que de ano passei, com meu pai e meu filho na praia comemorei, de minha mãe, meus irmãos, avó, parentes e amigos, eu me lembrei. De alguma forma, a todos eu abracei.

Não precisa ninguém imitar a mim, o ano é como um jardim, o que se planta ao dia, é que se colhe quando chega ao fim, a regra é simples assim.

skaull@gmail.com

Coment√°rios
×