Sete meses após início da vacinação, apenas um quarto dos divinopolitanos estão imunizados

Cidade recebeu pouco mais de três mil doses ontem; cadastro para nova faixa etária foi aberto

Matheus Augusto

A Prefeitura de Divinópolis informou ter recebido ontem novo lote de vacinas com 2.604 doses de Pfizer e 820 CoronaVac. Com o recebimento, foi possível abrir o cadastro de vacinação contra covid-19 para pessoas nascidas em 1987 ou menos ‒ com 34 anos ou mais. A imunização desse grupo, conforme ordem de cadastro no site divinopolis.mg.gov.br, foi agendada para hoje e amanhã. 

O Governo de Minas ainda não anunciou a chegada de novas doses ao Estado. Já o governo federal anunciou ontem o recebimento de mais dois milhões de CoronaVac produzidas pelo Instituto Butantan. 

Logística

Os pontos de vacinação são o Centro Administrativo e o mercado distrital no Bom Pastor, onde serão aplicadas Pfizer e CoronaVac.

O cidadão não pode escolher o local e horário de imunização, devendo respeitar o comprovante de cadastro.

— A Prefeitura relembra a importância de seguir rigorosamente o horário e local marcados no agendamento para evitar filas e aglomerações. A  pessoa que foi cadastrada para um drive-thru não poderá ir a outro, pois cada local de vacinação atenderá um grupo específico — alerta.

No momento da vacinação, é preciso ter em mãos documento de identidade com foto, cartão do SUS, cartão da unidade de saúde, comprovante de endereço e cartão de vacina.

Balanço

O vacinômetro municipal teve seu relatório atualizado na sexta-feira, 6. Segundo os dados da Secretaria de Saúde (Semusa), até a referida data, foram recebidas 196 mil doses, sendo 74.278 doses da CoronaVac (Butantan), 94.085 doses da AstraZeneca (Fiocruz), 5.925 doses da Janssen e 22.482 doses da Pfizer.

Desse total, 175 mil já foram aplicadas: 118.035 da primeira dose, 51.659 da segunda dose e 5.925 de dose única. Desde 19 de janeiro, data da aplicação da primeira dose, a cidade tem média de 310 vacinas aplicadas por dia. 

Ou seja, passados sete meses do início da imunização, dos 240 mil habitantes de Divinópolis, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), apenas 57.584 completaram seu quadro vacinal ‒ cerca de 24% da população.

Mortes

A morte de mais três residentes por covid-19 foi informada ontem. A cidade chegou a 582 óbitos pela doença. A primeira vítima, um homem, de 62 anos, era portador de doença cardiovascular crônica e doença renal crônica. No dia 6 deste mês, ele não resistiu.

O segundo registro foi de um homem, de  60 anos, portador de doença cardiovascular crônica. Ele morreu no sábado, 7.

A última foi no domingo, 8: homem, de 59 anos, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. 

Campanha continua

A campanha de arrecadação de alimentos teve início em abril deste ano, para distribuição às famílias em situação de vulnerabilidade social. Ao todo foram doados mais de 30 toneladas de alimento ‒ 1.814 cestas básicas já estão na Assistência Social para distribuição por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) . No entanto, segundo a Prefeitura, o número tem caído nos últimos dois meses. Por isso, o Executivo reforçou o pedido de solidariedade.

— Em razão do momento delicado que passamos, em que muitas famílias passam por necessidades de cunho material e, principalmente, alimentar, a Prefeitura continua com a campanha para arrecadação de alimentos. Assim, aquelas pessoas que se dirigirem aos postos de vacinação por meio de drive-thru, se sensibilizarem com a situação e puderem doar alimentos não perecíveis, serão remetidos para as famílias em vulnerabilidade através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) — destaca.

 

Comentários
×