SES confirma mais uma morte por dengue em Divinópolis

Matheus Augusto

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou ontem mais um boletim epidemiológico sobre a situação da dengue, chikungunya e zika no estado. O levantamento aponta mais uma morte em Divinópolis em razão da dengue, totalizando três casos fatais na cidade. Ao Agora, a SES informou que não há informações sobre o gênero e a idade da vítima.

Duas vítimas

Os dois primeiros casos já haviam sido divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) em 23 de abril. A primeiro vítima era uma mulher, de 69 anos, que morava no bairro Santa Clara e morreu no dia seguinte de sua internação no hospital Santa Mônica, onde chegou com o quadro de saúde delicado. A outra vítima, um homem de 77 anos, morava no Niterói e deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em estado grave. Ele morreu no dia 18 de abril, poucas horas após ser internado.

As causas das mortes foram confirmadas após testes nas próprias unidades onde as vítimas viveram seus últimos momentos. Seguindo o procedimento padrão, as amostras foram encaminhadas à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para a validação dos exames.

Confirmações

A primeira morte em decorrência da dengue em Divinópolis foi confirmada pela SES no dia 9 de setembro, cerca de três meses após o anúncio da secretaria municipal. A segunda validação veio em 1º de outubro. A terceira foi divulgada ontem.

Situação

Apesar do alto número de notificações registrado no início do ano, o cenário se estabilizou. O último boletim epidemiológico da cidade, divulgado no dia 12 de setembro, aponta Divinópolis com 4.546 casos suspeitos, sendo que 4.092 foram confirmados e 454 descartados. Não havia nenhuma ocorrência em análise.

Apesar de queda no surgimento de casos suspeitos, a Semusa ainda continua as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. No último sábado, 5, por exemplo, agentes de saúde estiveram nos bairros Sagrada Família, Davanuze, Vale do Sol e Dona Rosa para realizar o mutirão de limpeza. Na ação, os profissionais recolheram lixos e entulhos das ruas, com o intuito de eliminar possíveis focos de proliferação da dengue.  

Regional

A Superintendência Regional de Saúde (SRS) em Divinópolis, responsável por 54 municípios, registrou 16 mortes. Arcos, Lagoa da Prata, Martinho Campos e São Gonçalo do Pará notificaram duas mortes cada; Carmo do Cajuru, Luz, Nova Serrana, Pará de Minas e Pitangui, um cada. Divinópolis lidera a lista, com três.

Sarampo

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou ontem a Campanha Nacional de Vacinação de Sarampo. A tríplice viral já estava disponível nas unidades de saúde e protege contra sarampo, caxumba e rubéola.

— Neste primeiro momento, a vacina estará disponível todo o mês de outubro para crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, onze meses e vinte e nove dias). Ainda no próximo dia 19, acontece o Dia D de Mobilização com horário especial de funcionamento nos postos de saúde — informou a Prefeitura.

Entre os dias 20 e 29 de outubro, a vacina será aplicada as adultos entre 20 e 29 anos.

Comentários
×