Servidores públicos são afastados por contaminação pela covid-19

Ônibus já circulam com álcool em gel para os passageiros

Da Redação 

Com a flexibilização em vários setores e serviços, Divinópolis continua sob a tensão da contaminação pela covid-19. A Prefeitura comunicou ontem que uma servidora da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) está contaminada pela doença. De acordo com o informe, a mulher passa bem e se encontra em isolamento domiciliar, recebendo os cuidados médicos sem necessidade de hospitalização. A Vigilância Sanitária realizou a desinfecção do setor e incluiu no protocolo todos os funcionários que tiveram contato com a servidora.

O caso de contaminação de servidores não é exclusivo da Prefeitura. A Câmara paralisou as atividades na última sexta-feira, 7, para processo de desinfecção das instalações. Isso porque uma assessora parlamentar  também testou positivo para o coronavírus. 

Como medida de precaução, o presidente da Casa, Rodrigo Kaboja (PSD), enviou ofício à Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) solicitando a testagem de todos os servidores, inclusive terceirizados. A Mesa Diretora espera agora os resultados para avaliar possíveis novas medidas de ampliação ou restrição em relação ao funcionamento do Legislativo.

Álcool à disposição 

Diferente de outras cidades pelo país, só agora que o usuário do transporte público municipal terá álcool em gel à disposição nos veículos. O Consórcio TransOeste comunicou no início desta semana que a medida é mais um cuidado para frear o avanço da doença na cidade.

Em Divinópolis, segundo o próprio consórcio, não há nenhuma determinação legal que obrigue o transporte público a distribuir álcool, como medida de higiene.

O transporte público tem sido constantemente criticado pela população por causa da superlotação e falta do item básico de proteção. Na semana passada, em reunião ordinária na Câmara, o vereador Matheus Costa (CDN) chegou a comparar as medidas de segurança e cuidados de higiene da Casa com a situação vivenciada pela população que depende dos ônibus.

— Existe uma higienização antes, durante e depois das reuniões. Nosso corpo de trabalho nesta área é praticamente uma pessoa para cada vereador. Quem dera se o nosso famoso transporte público tivesse essa estrutura que nós, vereadores, temos aqui — lamentou o parlamentar.

100 mil vidas 

O Brasil alcançou neste sábado, 8, a triste marca de 100 mil mortos por causa da covid-19. A saga do país no combate ao vírus continua a mesma, apesar da expectativa em torno da vacina, que pode sair em breve. Mesmo com a possibilidade de imunizar a população nos próximos meses, a doença ainda não diminuiu o ritmo, pelo menos de acordo com estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Comentários
×