Servidores inativos, aposentados e pensionistas de Divinópolis podem ficar sem benefício

Da Redação

O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Divinópolis (Diviprev) faz uma última convocação aos servidores públicos inativos, aposentados e pensionistas para realizarem recadastramento. O benefício de quem não comparecer será bloqueado até que seja regularizada a situação.

Ao todo, 253 pessoas ainda não realizaram o recadastramento, que, oficialmente, terminou em 30 de novembro. O beneficiário deve levar seus documentos pessoais e de seus dependentes.

— O cadastramento no Diviprev é de suma importância para manter atualizadas as informações cadastrais dos servidores públicos municipais e pensionistas. Atualizar o cadastro é fundamental para evitar fraudes no sistema previdenciário e, assim, garantir um futuro digno a quem tem dedicado uma vida inteira em servir o público — afirmou a superintendente do Diviprev,  Rejane Alves.

Para realizar o cadastramento, o servidor público ou pensionista deve comparecer à sede do Diviprev portando os documentos originais de: CPF, documento de identificação (RG, CNH, passaporte, registro de conselho profissional ou assemelhado na foma de lei), comprovante de residência emitido no máximo há três meses, certidão de casamento ou declaração de união estável com assinaturas reconhecidas em cartório e título eleitoral (obrigatório para maiores de 18 anos e menores de 70 anos).

Já os dependentes previdenciários (cônjuge, companheiro(a) e filhos não emancipados menores de 21 anos ou inválidos) do servidor aposentado devem levar os seguintes documentos originais: certidão de nascimento ou RG, CPF (filhos de 0 a 21 anos ou inválidos) e termo de tutela para casos de menor tutelado. Os cônjuges ou companheiro(a) devem levar ao Diviprev: documento de identidade com foto (RG, CNH, carteira de identidade profissional ou passaporte válido), CPF e certidão de casamento, escritura pública de união estável ou declaração de união estável.

Comentários
×