Servidores cobram 13º em protesto

Da Redação 

Servidores municipais se reuniram nesta sexta-feira, 20, às 9h, no quarteirão fechado da rua São Paulo. A manifestação, convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e Região Centro-Oeste de Minas Gerais (Sintram), visa exigir o pagamento do 13º integral do funcionalismo público ainda hoje, data-limite para a liquidação do benefício, conforme estabelecido no Estatuto do Servidor.

— Pelo segundo ano consecutivo, o prefeito parcela salários e não paga o 13º na data legal. (...) O discurso da Administração é sempre a crise financeira, mas, desde o início do mandato, Galileu mantém a Prefeitura cheia de cabides de emprego, ou seja, de seus apadrinhados, que não trazem nenhum avanço para a cidade. É hora de dar um basta nesta situação! O servidor exige respeito e quer saber: cadê o 13º salário, Galileu? — declarou o sindicato.

Na oportunidade, além de faixas, sindicalistas distribuíram panfletos para expor a atual situação dos servidores. 

Conforme comunicado da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), o 13º dos servidores da Educação será disponibilizado nesta sexta. Para o restante dos funcionários, a pasta prometeu fazer o pagamento do benefício até o dia 30 de janeiro.

 

Comentários
×