Ser cidadão

 

Welber Tonhá 

Ser cidadão 

 

Afinal, o que é ser cidadão?

Ser cidadão é ter direito à vida, à liberdade, à propriedade, à igualdade perante a lei: ter direitos civis. É também participar no destino da sociedade, votar, ser votado, ter direitos políticos. Os direitos civis e políticos não asseguram a democracia sem os direitos sociais, aqueles que garantem a participação do indivíduo na riqueza coletiva: o direito à educação, ao trabalho justo, à saúde, a uma velhice tranquila.

 

Como exercemos a cidadania?

Cidadania é a expressão concreta do exercício da democracia.

Exercer a cidadania plena é ter direitos civis, políticos e sociais. Expressa a igualdade dos indivíduos perante a lei, pertencendo a uma sociedade organizada. É a qualidade do cidadão de poder exercer o conjunto de direitos e liberdades políticas, socioeconômicas de seu país, estando sujeito a deveres que lhe são impostos. Relaciona-se, portanto, com a participação consciente e responsável do indivíduo na sociedade, zelando para que seus direitos não sejam violados.

A cidadania instaura-se a partir dos processos de lutas que culminaram na Independência dos Estados Unidos da América do Norte e na Revolução Francesa. Esses dois eventos romperam o princípio de legitimidade que vigia até então, baseado nos deveres dos súditos e passaram a estruturá-lo a partir dos direitos do cidadão. Desse momento em diante todos os tipos de luta foram travados para que se ampliasse o conceito e a prática de cidadania e o mundo ocidental o estendesse para as mulheres, crianças, minorias nacionais, étnicas, sexuais e etárias.



Eu, cidadão honorário

Na noite da última terça feira, 16, eu me tornei cidadão honorário de Divinópolis, um reconhecimento que emociona, e, explicando acima sobre cidadão e cidadania, sem pessoas ao meu lado que acreditam, torcem, incentivam e me apoiam, eu não conseguiria. No dia a dia é fundamental ter pessoas assim ao seu lado, pessoas como  minha saudosa mãe Binha, meu pai Walter, meu filho Alexandre e minha namorada Luciana, me inspiram diariamente. Eu agradeço também ao amigo vereador Wesley Jarbas, pela indicação, aos meus familiares mas que estão distantes mas torcem por mim, aos amigos do dia a dia, das lutas políticas, sociais e culturais em nome do deputado e amigo Domingos Sávio, aos companheiros do Lions, aos confrades da Academia Divinopolitana de Letras (ADL),  aos parceiros do Estrela do Oeste Clube e deste jornal que escrevo, o Agora. Todos vocês, de alguma forma, me ajudam a crescer como cidadão.

 

Alguns trechos de frases e poemas sobre cidadão

Não sou nem ateniense, nem grego, mas, sim, um cidadão do mundo.

(Sócrates)

 

Não é sempre a mesma coisa ser um bom homem e ser um bom cidadão.

(Aristóteles)

 

Prezado Cidadão

Colabore com a Lei

Colabore com a Light

mantenha luz própria. 

(Chacal)



.

Chuva, trovão.

Amor, Coração

Sentimento, emoção.

Eu, cidadão.

(Welber Tonhá)



 

Felies

A Festa Literária do Estrela do Oeste Clube (Felies) começou ontem, às 19h, no salão nobre do Estrela do Oeste Clube, na sede Urbana.

E continua a partir de hoje com a seguinte programação:

Quinta-feira, 18

17h30 - Encontro com os escritores Cláudio Guadalupe e Neide Lacerda falando  sobre suas obras. Mediação Welber Tonhá.

19h30 - A Utilização do Livro como ferramenta em seu trabalho com Casé Fortes e Iara Leão. Mediação Welber Tonhá e Sonia Terra.

Sexta-feira, 19

17h30- A Pesquisa Histórica de Divinópolis em livros. Daniel Venâncio e Rosana Xavier, com mediação Welber Tonhá.

19h30 - Teatráveis apresentação Stand-up

 

Sábado, 20 

13h - Trutas (samba e pagode na beira da piscina exclusivo para sócios) 

17h30 - A importância do Livro na vida das pessoas com Daniel Bicalho e Denise Arantes.

19h  -  Cultura Afro na Literatura Infantil com Bruno Rodrigo e Lara Ordones com mediação Welber Tonhá.

Domingo, 21

10h - Contação de Histórias com o professor Charles Guimarães e Dona Gil.

Logo em seguida, o professor Bruno  e a professora Cris.  Participação do projeto Tecendo Vidas com inicialização musical para crianças e sorteio de brindes. 

Encerrando com Tatiana Fonseca 

13h - Ensaio Aberto com Bloco do Cléo (exclusivo para sócios) 

16h30 - Livro como instrumento de evangelização desde a Bíblia, com João Natálio.

18h - Os processos de produção e expectativa do primeiro livro, com Coronel Pedro Magalhães de Faria e Zélia Brandão, com mediação de Sonia Terra e Welber Tonhá. 

19h30 - Orquestra Acordes do Monte

 

 Com todos os protocolos exigidos de segurança. 




Tem pauta para sobre a cultura? Envie para welbertonha@gmail.com

Welber Tonhá e Silva 

Imortal da Academia Divinopolitana de Letras, cadeira nº 09

Historiador, escritor, pesquisador, fotógrafo e fazedor cultural.

Instagram: @welbertonha

 

Comentários
×