Senai inaugura curso de Aprendiz em São Sebastião do Oeste

Da Redação

Vinte jovens de Divinópolis e São Sebastião do Oeste iniciaram na última semana as aulas do Programa Aprendiz 2019. O projeto promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/Fiemg), em parceria com a Avivar Alimentos, inaugurou a primeira turma do curso técnico-profissional em eletromecânica, na unidade frigorífica da empresa. Durante a formação, os aprendizes serão capacitados para o mercado de trabalho e, no fim do processo, terão a possibilidade da conquista do primeiro emprego.

Curso

O curso possui jornada de 40 horas semanais, distribuídas em oito horas diárias, durante 12 meses. Na oportunidade, os jovens terão aprendizagem teórica e prática em eletromecânica, que irá conectar o conhecimento adquirido no curso com as experiências do ambiente de trabalho.

— Durante um ano construiremos o futuro de cada um desses aprendizes. Temos aqui na Avivar uma ótima infraestrutura para transformá-los em profissionais completos e prontos para o mercado de trabalho — explica o instrutor de formação do Senai, Moisés Assis. 

Aula Inaugural

Representantes do Senai e da Avivar recepcionaram os aprendizes, na unidade matriz da empresa, em São Sebastião do Oeste, para a aula inaugural do curso. O diretor industrial e sócio-fundador da Avivar, Framir Araújo, era um dos mais entusiasmados com a chegada dos alunos. Ele contou aos jovens que, iniciou sua trajetória profissional em um curso de aprendizagem industrial do Senai, aos 17 anos de idade.

— O Senai foi responsável pelo desenvolvimento da minha carreira na indústria, sobretudo, hoje na minha função como diretor do frigorífico da Avivar — pontua.

Unidade Remota

Ainda segundo o sócio-fundador da Avivar, o curso de aprendizagem industrial do Senai é a porta de entrada de jovens estudantes no mercado de trabalho.

— Vocês são os nossos aprendizes pioneiros. A Avivar acredita que a educação transforma realidades e por esse motivo, apoia o Programa Aprendiz — destaca Framir.

Em março, outros 20 alunos integram a segunda turma do curso.

— Daremos início a construção da unidade remota do Senai na Avivar, um projeto inovador para o desenvolvimento da indústria regional — revela o supervisor de RH, Willian Magno.

Futuro

Barbara Tavares, 18 anos, é uma das integrantes da turma de eletromecânica. Moradora de Divinópolis, ela conta que, sempre ouviu relatos sobre a importância dos cursos do Senai para a construção de um promissor futuro profissional. Então, se inscreveu no processo seletivo, passou pelas avaliações e foi aprovada.

— Eu sempre gostei muito de desafios e novidades, e aqui terei a oportunidade de adquirir conhecimento e experiências no segmento industrial, além de ingressar no mercado de trabalho — fala Barbara.

Comentários
×