Senac qualifica profissionais para atuar no atendimento à pacientes de covid-19

Somente na unidade Divinópolis são 300 pessoas para atuar na linha de frente

Da Redação

Desde o início da pandemia, diversas práticas da área da saúde tiveram que ser transformadas e algumas inovações implementadas para adequação aos novos protocolos de prevenção e tratamento da covid-19.  Além disso, houve a necessidade de novas contratações de profissionais que tiveram que integrar equipes já instaladas nas unidades de atendimento à população.

Neste sentido, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) atuou ao longo de 2020 e também neste início de 2021.

Mais de 60 contratos foram firmados com os gestores municipais, cujas verbas foram destinadas às cidades especificamente para o combate à pandemia, foram executados. As parcerias geraram 235 turmas, impactando 5.477 profissionais, como médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem e fisioterapeutas, além de funcionários das áreas administrativas.

Treinamentos

 A maioria dos treinamentos ocorreu de forma remota, com toda a infraestrutura já adaptada do Senac para o ensino não presencial.

Os participantes receberam conteúdos atualizados sobre a doença e seus respectivos protocolos.

— Por meio da educação profissional, nesse caso voltada especificamente para os profissionais de saúde, atingimos positivamente a população, ajudando no combate à pandemia — pontua o gerente de Relacionamento do Senac, Daniel Pires.

Ainda segundo ele, é uma preocupação da das unidades com os participantes é levar um conteúdo com os protocolos que estão praticados em todo estado, a fim de deixar as ações de saúde uniformes independente da região, o que é um dos desafios da área nesse período.

Imunização

A imunização não ficou de fora e também foi tema de treinamento para os profissionais, que tiveram preparação sobre os imunizantes, formas de aplicação, diluição e aplicação de medicamentos.

— Os treinamentos foram ministrados. Creio que ações deste tipo, como oferecer mais cursos e renovar o conhecimento que nós, agentes de saúde, possuímos, deveriam ser ainda mais difundidas — afirma, elogiando a metodologia de ensino.

Comentários
×