Semusa reforça importância do cuidado com o Diabetes

Em Divinópolis, aproximadamente 14 mil pessoas possuem a doença

Da Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) está realizando, em algumas unidades, painéis informativos e salas de espera com apresentações preventivas, para celebrar o Dia Nacional do Diabetes, comemorado neste sábado, 26.

Em Divinópolis, aproximadamente 14 mil pessoas possuem essa doença, em razão disso, a Semusa relembra a população sobre a importância de manter o cuidado diário. O diabetes mellitus (DM) é uma síndrome do metabolismo, de origem múltipla, decorrente da falta de insulina ou da incapacidade de exercer adequadamente seus efeitos.

O atendimento conduzido pela Atenção Primária à Saúde pode evitar hospitalizações e complicações relacionadas à doença. A recomendação é para que todos fiquem em dia com a saúde, não deixando de realizar o acompanhamento com consultas e exames, além de ter hábitos de vida saudáveis.

O técnico de enfermagem da Estratégia de Saúde da Família (ESF) Nossa Senhora das Graças, Juliano Fragas, ressalta que essa doença não tem cura, mas dá para levar uma vida longa de forma saudável.

— Diabetes não é o fim, e sim uma nova maneira de viver a vida, faça atividade física, alimente-se bem e viva — comentou.

Diabetes

A insulina é o hormônio produzido pelo pâncreas responsável pela manutenção do metabolismo da glicose, sua falta provoca déficit e consequentemente diabetes. Caracteriza-se por altas taxas de açúcar no sangue (hiperglicemia) de forma permanente. É uma doença crônica que não tem cura, mas se controlada a pessoa pode ter muita qualidade de vida.

Essa comorbidade possui vários tipos sendo: o Diabetes tipo I é causado pela destruição das células produtoras de insulina, em decorrência de defeito do sistema imunológico em que os anticorpos atacam as células que produzem a insulina. Ocorre em cerca de 5 a 10% dos diabéticos.

Já o Diabetes tipo II resulta da resistência à insulina e de deficiência na sua secreção. Ocorre em cerca de 90% dos diabéticos. Existe também o Diabetes Gestacional, que é a diminuição da tolerância à glicose, diagnosticada pela primeira vez na gestação, podendo ou não persistir após o parto. Sua causa exata ainda não é conhecida.

Os principais sintomas do diabetes são:  vontade de urinar diversas vezes; fome frequente; sede constante; perda de peso; fraqueza; fadiga; nervosismo; mudanças de humor; náusea e vômito.

As formas de tratamento dependem do tipo e do avanço da doença, mas basicamente está relacionada a uma dieta saudável, prática de atividade física, e uso correto da medicação prescrita, além do abandono de hábitos não saudáveis como o consumo de cigarro e bebidas alcoólicas.

  

Comentários
×